Clique e assine por apenas 5,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Primeiro vereador cassado em São Paulo quer ser eleito de novo

Placas de apoio a Vicente Viscome foram penduradas em sobrados da Mooca, reduto do ex-vereador condenado por formação de quadrilha

Por Sérgio Quintella - Atualizado em 14 ago 2020, 11h06 - Publicado em 14 ago 2020, 06h00

Primeiro vereador cassado na história de São Paulo, em 1999, o empresário Vicente Viscome, condenado por formação de quadrilha no ano seguinte a dezesseis anos de cadeia (foi solto depois de cumprir sete), quer mais uma vez voltar à Câmara. Nos últimos dias, começaram a surgir plaquinhas fixadas em fachadas de pequenos sobrados da Mooca, seu reduto, afirmando que o morador dali o apoia. Esta é sua terceira tentativa de retorno ao Palácio Anchieta. Nas duas anteriores (2008 e 2012), recebeu ao todo pífios 10 000 votos. Procurado, Viscome, que foi capa da Vejinha há 21 anos, chegou a marcar uma entrevista, mas sua secretária, que o chama de vereador e atendeu a ligação no celular do chefe, afirmou que ele precisou ir às pressas para sua fazenda, no interior, para cuidar de um problema elétrico.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 19 de agosto de 2020, edição nº 2700.

Publicidade