Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Personal organizer ajuda em “emergências” como conservar bolsas de grife

Boa parte das clientes está querendo aprender a fazer tarefas domésticas mesmo sabendo que, quando acabar a quarentena, não vão fazer, diz Ingrid Lisboa

Por Humberto Abdo - Atualizado em 7 ago 2020, 01h38 - Publicado em 7 ago 2020, 06h00

Com famílias que decidiram se mudar na pandemia ou deixaram de contar com a presença de seus funcionários em casa, muitas recorreram à ajuda da personal organizer Ingrid Lisboa, 45, para as “emergências” da quarentena — entre elas, como lavar roupas delicadas e conservar bolsas de grife. “Boa parte das clientes está querendo aprender a fazer tarefas domésticas mesmo sabendo que, quando acabar a quarentena, elas não vão fazer”, observa Ingrid. Além dos serviços de arrumação personalizada, ela ministra cursos de organização para as empregadas dos lares, que aprendem a desempenhar melhor os afazeres na casa das patroas. Apesar do interesse das clientes em algumas dicas, muitas preferem pagar à Ingrid para ela ensinar suas funcionárias, e a opção continua em alta. “Vamos até o local e damos as instruções teóricas e práticas.”

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 12 de agosto de 2020, edição nº 2699.

Publicidade