Clique e assine por apenas 5,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

“Rainhas do gado”: congresso reúne executivas do agronegócio

“Somos mais receptivas e humildes, por isso viramos ótimas líderes", diz a fazendeira Maria Antonieta Guazzelli

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 27 set 2019, 10h35 - Publicado em 27 set 2019, 06h00

Cerca de 35% das fazendas do país são lideradas por mulheres. A estimativa é do grupo que organiza um encontro dessas “rainhas do gado”. “Em pouco tempo, alcançaremos a metade desse mercado”, aposta Maria Antonieta Guazzelli, 55, palestrante no 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio. O evento deverá reunir 1 700 executivas em 8 e 9 de outubro no Transamerica Expo Center.

Maria trabalhava como responsável pela área de tecnologia de um banco na capital até que, em 2002, com a morte do pai, assumiu a Agropecuária Rex, que cria gado, além de cultivar soja, milho e café e produzir leite, em Minas Gerais. “O início foi complicado, com embates com os ex-colaboradores do meu pai. Precisei trocar quase toda a equipe”, lembra. Hoje, as mulheres formam 40% do time. “Somos mais receptivas e humildes, por isso viramos ótimas líderes.”

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 02 de outubro de 2019, edição nº 2654.

Publicidade