Clique e assine com até 89% de desconto
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

JK Iguatemi move ação de despejo contra a Daslu

Além de enfrentar a disputa judicial entre os dois acionistas para decidir o controle da Daslu (Marcus Elias, o atual responsável pela gestão, sofre forte oposição de Crezo Suerdieck), a grife tem dado calote no aluguel de suas lojas. Só no JK Iguatemi, onde ocupa um espaço de 1 500 metros, está sem pagar a locação há dois anos. O centro de […]

Por João Batista Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 12h40 - Publicado em 2 abr 2016, 00h55
Elias: dívida de 2,5 milhões de reais com o JK Iguatemi (Foto: Ed Viggiani)

Elias: dívida de 2,5 milhões de reais com o JK Iguatemi (Foto: Ed Viggiani)

Além de enfrentar a disputa judicial entre os dois acionistas para decidir o controle da Daslu (Marcus Elias, o atual responsável pela gestão, sofre forte oposição de Crezo Suerdieck), a grife tem dado calote no aluguel de suas lojas. Só no JK Iguatemi, onde ocupa um espaço de 1 500 metros, está sem pagar a locação há dois anos. O centro de compras move uma ação de despejo devido a uma dívida de 2,5 milhões de reais. A marca também tem pendências semelhantes no Catarina Outlet, em São Roque, e no Shopping Ribeirão Preto. “Além disso, não paga há dois anos o aluguel do Shopping Cidade Jardim”, afirma Felício Valarelli, advogado de Suerdieck. Nesse endereço, a Daslu trocou em novembro um espaço de 3 000 metros quadrados por outro de 300. “A culpa é do Marcus Elias, que faz uma administração desastrosa”, acusa Valarelli. Os advogados de Elias afirmam que estão negociando um acordo com o JK Iguatemi, e nenhum dos shoppings envolvidos quis comentar os problemas com a Daslu.

+ Sócio da Daslu é acusado de dar calote em compra de Porsches 

Publicidade