Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Por causa de ex-genro, Galvão é processado por não pagar IPTU

O empresário Graminho Ohnimarg deve 8 186 reais aos cofres públicos por imóvel que está no nome do narrador

Por Ana Carolina Soares - 15 set 2017, 06h00

A prefeitura entrou com um processo contra Galvão Bueno por falta de pagamento de 8 186 reais do IPTU de 2016 de um apartamento de 295 metros quadrados na Vila Andrade. O imóvel está no nome do narrador, mas ali mora desde 2011 seu ex-genro, o empresário Graminho Ohnimarg.

Fachado do Edifico Le Paysage: apartamento de 295 metros quadrados na Vila Andrade está no nome de Galvão Bueno Alexandre Battibugli/Veja SP

“Passo por dificuldades financeiras e sinto colocar o Galvão em uma situação difícil”, diz Ohnimarg. Antes disso, o rapaz já havia acumulado dívidas de 18 500 reais de condomínio e 7 000 reais de IPTU de 2014. O ex-sogro zerou tudo nas duas ocasiões. Segundo amigos, ele deve socorrer novamente Ohnimarg.

Publicidade