Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Empresária cria corretora para selecionar casas de repouso

“Bolor nas paredes e problemas na parte elétrica são as questões mais visíveis quando faço as visitas", diz Eliz Taddei, da Trevoo

Por Humberto Abdo Atualizado em 19 jul 2021, 15h04 - Publicado em 23 abr 2021, 06h00

Criadora da corretora de casas de repouso Trevoo, a empresária Eliz Taddei, 55, comanda um mapeamento de residências para idosos na capital. A partir de avaliações feitas pela sua equipe, a empresa define quais endereços têm as condições de limpeza e de atendimento adequadas. “A visita técnica envolve tudo, dos documentos e organização a frequência das visitas de médicos e aparência dos residentes.” Ao ser aprovada, a casa passa a fazer parte do catálogo da corretora.

“Após o cliente escolher onde quer ser internado, eu ganho 50% do valor pago pelas acomodações no primeiro mês, que varia de 3 000 a 20 000 reais, e ele não paga pelo meu serviço.” No mercado há quase dois anos, Eliz revela que muitas das clínicas operam sem estrutura. “Bolor nas paredes e problemas na parte elétrica são as questões mais visíveis quando visito. Nesses casos nem avanço, mas já ouvi falar de casas clandestinas e fiquei surpresa. Se uma família busca opções direto no Google, lá só vai aparecer quem paga pelo anúncio.”

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 28 de abril de 2021, edição nº 2735

Continua após a publicidade
Publicidade