Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Infomania Por Thiago Ramaciotti Thiago Ramaciotti dá dicas sobre tecnologia, gadgets e apps

Redes sociais: muito além do Facebook e do Instagram

Olá, pessoal! Fui convidado por VEJA SÃO PAULO para escrever um blog sobre tecnologia. O principal será falar de maneira descomplicada e de fácil interpretação. Tenho 30 anos e, desde que me conheço por gente, sou viciado em tecnologia. Gosto de todas as coisas hi-techs possíveis e de estar sempre conectado. Só que também não […]

Por Daniel Bergamasco Atualizado em 26 fev 2017, 16h49 - Publicado em 1 Maio 2015, 02h18

Olá, pessoal!

Fui convidado por VEJA SÃO PAULO para escrever um blog sobre tecnologia. O principal será falar de maneira descomplicada e de fácil interpretação. Tenho 30 anos e, desde que me conheço por gente, sou viciado em tecnologia.

Gosto de todas as coisas hi-techs possíveis e de estar sempre conectado. Só que também não consigo abrir mão de estar em contato com a natureza e de tentar me refugiar da tecnologia em alguma praia.

Neste espaço, falarei sobre novidades da área, farei comparativos de equipamentos e mostrarei o que é tendência no mercado.

Espero que gostem.

*

Neste primeiro post, quero falar sobre rede sociais – que não se limitam ao Facebook e ao Instagram – e ajudá-lo a decidir se você passará a integrá-la. Vamos lá:

snapchat

Snapchat

Não é bem uma novidade, mas a rede está bombando. No aplicativo, além de fotos e vídeos, o usuário pode adicionar desenhos e texto na imagem. O grande diferencial dessa rede é escolher o tempo que essa imagem ficara visível no visor do seu amigo ou do grupo para qual você enviou o material. Esse tempo pode variar de 1 a 10 segundos, depois a imagem é excluída do aplicativo e dos servidores do Snapchat.

+ Testamos a ferramenta How Old I Look em várias personalidades

A proposta do aplicativo é justamente apagar a mensagem depois de ela ser vista. Com isso, as pessoas podem enviar fotos e vídeos de momentos íntimos ou engraçados que não teria coragem de postar em outra mídia social.

Apesar do Snapchat existir já há algum tempo, seus adeptos são na maioria jovens que, pasmem, enviam cerca de 50 milhões de snaps por dia!

Continua após a publicidade

Em janeiro deste ano, a empresa apresentou uma função nova chamada Discover. A ideia é trazer novidades e notícias diárias. Para isso, firmou parceria com a CNN, a National Geographic e outras agências de noticias. Os conteúdos são atualizados a cada 24 horas.

 

line

 

Line

Com aproximadamente 400 milhões de usuários no mundo e modo de uso similar ao Whats App, o Line vem ganhando espaço e conquistando o público na Ásia e na Espanha – pode ser que ganhe cada vez mais adeptos no Brasil.

+ Quatro bons aplicativos gratuitos para noivas

Você pode fazer chamadas de voz, de vídeo, enviar stickers e criar sua própria timeline para seus amigos poderem ver o que você está fazendo naquele momento. No início, parece um pouco confuso, uma mistura de Skype com Whats App e Facebook, mas logo você se acostuma e começa a descobrir as funcionalidades da ferramenta. Com os stickers, você consegue demonstrar mais sentimentos e emoções do que com os velhos emoticons do Whats App e as carinhas do Facebook. Consegue compartilhar fotos, vídeos, mensagens de voz e locais com seus amigos, além de criar vídeos de alta qualidade com duração de 10 segundos. É possível ainda adicionar uma musica de fundo para compartilhar com seus amigos.

 

ello

Ello

Inicialmente, essa rede social criada em 2014 surgiu com a ideia de ser uma rede anti-publicitária, ou seja, livre de anúncios. Isso é o que promete um dos fundadores no vídeo explicativo (em inglês) que aparece após você criar seu cadastro. Para conseguir fazer parte da rede, é preciso ser convidado, assim como acontecia no Orkut. Além de ter um visual simples e clean, a rede permite que você use um nome fictício, como no Twitter.

A plataforma não dispõe de botão “like”, mas você pode comentar as postagens e compartilhar algo que achou interessante. Um dos pontos fortes é que a rede é muito intuitiva. É fácil compartilhar um vídeo ou uma foto, basta arrastar a imagem ou o link para dentro da janela do post. Você também consegue ver o que está em alta no momento e mudar o layout de visualização. Resta saber se essa mídia social sobreviverá sem receitad vindas de publicidade.

Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, entre em contato comigo que terei o maior prazer em responder.
Facebook: facebook.com/thiago.ramaciotti
Instagram: tramaciotti
Snapchat: gotrust_br
Ello: @tramaciotti

Continua após a publicidade

Publicidade