Clique e assine por apenas 5,90/mês
O Sexo e A Cidade Por Blog Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo

Checar o celular até na hora do sexo? Uma em cada dez pessoas mantém esse “caso sério” com os smartphones

O celular se tornou um caso sério para muita gente, detectaram os cientistas da University of Virginia e da University of British Columbia em pesquisa divulgada na sexta (13). Uma em cada dez pessoas não resiste a um toque de mensagens ou chamadas de smartphones. Não largam nem na hora do sexo. “Há menos de […]

Por Ana Carolina Soares - Atualizado em 26 fev 2017, 11h55 - Publicado em 16 Maio 2016, 14h28
sexo celular

“Estamos tentando entender melhor como esses constantes toques de notificações influenciam nossas mentes”, diz o psicólogo Kostadin Kushlev, líder da pesquisa

O celular se tornou um caso sério para muita gente, detectaram os cientistas da University of Virginia e da University of British Columbia em pesquisa divulgada na sexta (13). Uma em cada dez pessoas não resiste a um toque de mensagens ou chamadas de smartphones. Não largam nem na hora do sexo. “Há menos de dez anos, Steve Jobs prometeu que essa tecnologia iria mudar tudo. Estamos tentando entender melhor como esses constantes toques de notificações influenciam nossas mentes”, diz o psicólogo Kostadin Kushlev, líder do estudo.

+ Os brinquedos eróticos recomendados pela atriz Gwyneth Paltrow

Ele concluiu que 95% da população mundial checam o celular durante encontros (como jantares românticos ou conversas com amigos) e 70% interrompem o trabalho por conta de chamados. Além disso, 10% dão uma escapadinha até na hora do sexo para ver o que acontece ao soar um alerta.

Segundo os cientistas, todo esse apego pode causar problemas de falta de atenção e hiperatividade. “Recomendamos essas pessoas a passar períodos com o celular desligado. Quem não conseguir pode começar mantendo seus celulares no silencioso”, diz Kushlev.

Continua após a publicidade
Publicidade