Clique e assine por apenas 6,90/mês
O Sexo e A Cidade Por Blog Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo

As cinco maiores estrelas pornôs da atualidade

Com mais de 460 milhões de visualizações acumuladas no Pornhub, as novas starlets têm biografias surpreendentes

Por Redação VEJA São Paulo - 11 May 2019, 19h17

Fora das publicações de celebridades “convencionais”, uma nova geração de estrelas pornôs tem batido milhões de visualizações em canais como o Pornhub (fonte do ranking abaixo). Conheça as principais e suas trajetórias inusitadas.

5) Lana Rhoades

Reprodução/Veja SP

694 Vídeos

460 milhões de visualizações

Continua após a publicidade

A mais novinha da turma, com 22 anos, começou sua carreira em 2016, para ganhar dinheiro. Com traços finos por conta da ascendência checolsovaca (mas ela nasceu em Chicago, nos Estados Unidos), trabalhava na cozinha de uma rede canadense de restaurantes The Tilted Kilt. Em pouco tempo de carreiro, conquistou prêmios da revista Penthouse, além do AVN e XBIZ. Diz que quando encerrar a carreira na indústria pornográfica pretende se casar e trilhar uma carreira no judiciário americano, como juíza e desembargadora.

4) Brandi Love

Reprodução/Veja SP

869 Vídeos

701 milhões de visualizações

Continua após a publicidade

Aos 46 anos, é um ícone do filão “mamãe”, ou seja, mulher acima dos 40 anos bonitona. Casada com Chris Potoski desde 1994, ela e o marido entraram na industria em 2002, por acaso. Eles tinham uma revendedora de vinhos e, ao fazer o site da casa, perceberam a audiência e o dinheiro das camgirls. Como Love e o marido sempre consumiram filmes pornôs, resolveram tentar o ramo. E deu muito certo. Hoje, é bem sucedida, coproprietária e diretora financeira de No Rivals Media, uma empresa de multimídia e entretenimento para adultos.

3) Mia Khalifa

Reprodução/Veja SP

2761 Vídeos

715 milhões de visualizações

Continua após a publicidade

Nascida em Beirute, Mia se mudou para os Estados Unidos em 2000. Em uma “fase rebelde” em 2016, passou três meses fazendo filmes pornográficos. Em um deles, usou uma burca. Foi o suficiente para se tornar uma starlet, uma das mais buscadas no Pornhub desde então. Por causa de pressões, parou de fazer filmes.Hoje, aos 26 anos, segue como camgirl e se exibe na internet. Recentemente, uma petição pedia que Khalifa se tornasse a nova embaixadora dos Estados Unidos na Arábia Saudita durante o governo de Donald Trump.

2) Lisa Ann

Reprodução/Veja SP

503 vídeos

819 milhões de visualizações

Continua após a publicidade

Começou a carreira na década de 90 para pagar a faculdade de dentista. Deu um tempo nas filmagens em 1997, com medo da proliferação do HIV entre os atores do ramo. Nessa época, trabalhou em boates de striptease, casou e abriu um balneário. No início dos anos 2000, o casamento acabou e ela quis vender o negócio. Voltou às câmeras em 2004, já no segmento de “mamãe”. Dois anos depois, criou uma espécie de agência de talentos. Anunciou uma aposentadoria das câmeras em 2014, mas mudou de ideia quatro anos depois e hoje, aos 47 anos, segue como uma starlet.

1) Riley Reid

Reprodução/Veja SP

501 vídeos

926 milhões de visualizações

Continua após a publicidade

A grande campeã do Pornhub tem só 27 anos. Começou sua carreira bem novinha, com apenas 19 anos, depois de trabalhar durante dois meses em uma casa de striptease. Ganhou diversos prêmios e é considerada a nova Jenne Jameson, um ícone da indústria.

 

Publicidade