Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pergunte ao Doutor Por Blog

O que preciso saber antes de doar sangue?

  O Dr. Silvano Wendel, Diretor Médico do Banco de Sangue do Hospital Sírio-Libanês responde: Qualquer pessoa saudável poderá doar seu sangue voluntariamente desde que preencha os seguintes critérios: O doador deverá ter idade entre 16 e 69 anos Para a primeira doação, são aceitos candidatos de no máximo 60 anos É preciso ter peso superior a 50 […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 11h25 - Publicado em 22 jun 2016, 16h08

 

O Dr. Silvano Wendel, Diretor Médico do Banco de Sangue do Hospital Sírio-Libanês responde:

Qualquer pessoa saudável poderá doar seu sangue voluntariamente desde que preencha os seguintes critérios:

O doador deverá ter idade entre 16 e 69 anos
Para a primeira doação, são aceitos candidatos de no máximo 60 anos
É preciso ter peso superior a 50 kg
Você não deve estar em jejum. Mas aguarde três horas após o almoço antes de doar
Apresente documento oficial com foto
Informe as viagens realizadas no último ano para avaliação sobre a necessidade de exclusão na triagem clínica
Para os homens, é preciso haver um intervalo de 60 dias entre as doações, com no máximo quatro doações ao ano. Para as mulheres, o intervalo é de 90 dias, sendo aceitas três doações ao ano
Durma bem na noite anterior à doação
Evite bebidas alcoólicas 12 horas antes da doação
O processo da doação leva cerca de uma hora, sendo a coleta realizada no período de oito a dez minutos

Saúde

Algumas doenças, tratamentos, medicações e cirurgias podem levar à exclusão temporária ou definitiva do doador. As restrições principais encontram-se abaixo. Situações não previstas neste texto serão avaliadas na triagem clínica.

Não estar gripado, com mal-estar ou herpes
Não estar grávida
Não estar amamentando ou ter amamentado nos últimos 12 meses
Não ter sido submetido a endoscopia ou colonoscopia nos últimos seis meses
Não fazer uso de drogas endovenosas
Não ter se exposto a situações de maior vulnerabilidade a infecção pelo HIV, como ter tido múltiplos parceiros sexuais ou parceiros dependentes de drogas
Não ter contraído hepatite após os 11 anos de idade
Não ter contraído doença de Chagas, malária ou sífilis
Não ter diabetes com uso de insulina ou epilepsia em tratamento
Não ter feito tatuagem ou maquiagem definitiva há menos de 12 meses
Não possuir piercing em cavidade oral ou genital. No caso das retiradas, é preciso esperar 12 meses antes da doação
Não ter realizado tratamentos dentários nos últimos três dias

Devo esperar alguém próximo precisar para colaborar?

Não, o doador deve doar para a comunidade e, de preferência, sem ter ninguém próximo que esteja doente. Este é o princípio do altruísmo, que é muito importante na doação de sangue: fazer bem a alguém, sem que seja chamado para colaborar. Esta é a melhor maneira de contarmos com doações em quantidade e qualidade seguras para atender as necessidades de uma comunidade hospitalar, de uma cidade, estado ou mesmo do país. Portanto, recomenda-se que um doador não espere ter um ente querido necessitar de sangue para doar. Doe sempre, respeitando-se os limites mencionados no quadro anterior.

Continua após a publicidade
Publicidade