Clique e assine por apenas 6,90/mês
São Paulo nas Alturas Por Raul Juste Lores Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura

Arrojado, prédio do Nubank conversa com a vizinhança

A sede da startup financeira, na Avenida Rebouças, tem café aberto ao público e deque de madeira

Por Raul Justes Lores - Atualizado em 5 Feb 2020, 13h51 - Publicado em 17 Aug 2018, 06h00

Enquanto gigantes da tecnologia se instalaram em edifícios caretas (o clima descolado deles se resume à decoração), o Nubank demonstra que dá para compartilhar o espírito novidadeiro com a vizinhança. Pioneira na transformação da Avenida Rebouças, a sede da startup financeira (de oito andares, com 1 100 funcionários) é projeto do escritório Dal Pian Arquitetos para a incorporadora Idea!Zarvos, e a comunicação visual é do artista João Nitsche. Já o escritório SuperLimão foi o responsável pelos interiores, onde o roxo, a cor do banco, predomina. O café logo na entrada é aberto ao público, e duas vezes por semana food trucks animam a calçada, povoada por um gentil deque de madeira. Um novo auditório no térreo está quase pronto.

Raul Juste Lores/Veja SP
Raul Juste Lores/Veja SP
Raul Juste Lores/Veja SP
Raul Juste Lores/Veja SP
Raul Juste Lores/Veja SP
Publicidade