Clique e assine por apenas 6,90/mês
São Paulo nas Alturas Por Raul Juste Lores Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura

Edifício da Vila Olímpia tem árvores de até 5 metros nas varandas

A inspiração vem do icônico Bosco Verticale, em Milão, famoso por sua floresta vertical

Por Raul Juste Lores - Atualizado em 30 Dec 2019, 10h22 - Publicado em 27 Dec 2019, 06h00

Finalmente o icônico edifício Bosco Verticale, lançado em 2009 e que virou cartão-postal de Milão, inspira prédios em São Paulo. O Seed Gamaro (2016-18), concebido por Francisco Petracco e com paisagismo de Ricardo Cardim, repete aqui o conceito de floresta de bolso. O alinhamento intercalado dos terraços permite que árvores, palmeiras e arbustos da Mata Atlântica cheguem aos 5 metros de altura. A incorporadora cuidará da manutenção por cinco anos — o sistema de irrigação é automatizado. O prédio de vinte andares (e oitenta unidades) destoa dos genéricos cinza, bege e espelhados comuns à Vila Olímpia.

Seed Gamaro: inspirado no icônico Bosco Verticale, que virou cartão-postal de Milão Raul Juste Lores/Veja SP

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 1º de janeiro de 2020, edição nº 2667.

Publicidade