Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Túlio Gadêlha aciona a Justiça contra Alexandre Frota

"Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota", escreveu o advogado e deputado federal no Instagram nesta quinta (27)

Por Redação VEJA São Paulo 27 dez 2018, 13h14

Advogado e deputado federal eleito por Pernambuco, Túlio Gadêlha acionou a Justiça contra o ator e deputado federal eleito por São Paulo Alexandre Frota. Em publicação feita nesta quinta (27) no Instagram, o namorado de Fátima Bernardes revelou o motivo da ação: “Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial — pedido de explicações em juízo de representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota”.

“Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos”, argumentou Túlio na publicação. Em uma série de montagens compartilhadas no Instagram, o deputado federal mostrou uma discussão protagonizada por Frota com um internauta. Confira: 

View this post on Instagram

Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial – pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota. Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos. #xenofobiaécrime #pernambucopresente #vaiterrespeitosim

A post shared by Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) on

Continua após a publicidade

“O Twitter é a rede que mais tem professores, estudiosos, cientistas e lacradores culturais”, escreveu Alexandre Frota na terça (25), dia de Natal. “Também tem ator pornô que não paga a pensão do filho!”, disparou um internauta. “Só podia ser de Pernambuco!“, escreveu o deputado federal eleito por São Paulo. Veja:

Procurado pelo UOL, o advogado Cleber Teixeira, que defende Alexandre Frota, rechaçou a acusação de Gadêlha: “Ele tem que saber que xenofobia é aversão a quem é de fora. Pelo o que eu sabia os pernambucanos ainda são brasileiros, portanto não haveria xenofobia”, argumentou. Ele ainda disse que o namorado de Fátima Bernardes será processado. 

Dê sua opinião: E você, o que achou da resposta de Túlio Gadêlha? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade