Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Internautas acusam Silvio Santos de cometer racismo em seu programa

Ele comandava uma competição de calouros e, quando a candidata negra recebeu mais votos da plateia, o apresentador decidiu premiar outra candidata, branca

Por Redação VEJA São Paulo - 9 dez 2019, 09h51

Silvio Santos foi acusado de cometer racismo em seu programa do último domingo (8). Ele comandava uma competição de calouros entre quatro moças e, quando a candidata negra recebeu mais votos da plateia, o apresentador decidiu mudar as regras e premiar outra candidata, branca. Assista:

Jennyfer Oliver teve 84 votos da plateia, enquanto nenhuma de suas oponentes chegou a dez, o que faria dela a vencedora. No entanto, ao entregar os prêmios, Silvio deu 500 reais para cada uma das participantes e outros 500 reais para outra mulher. “Se eu estivesse na minha casa, na minha opinião, a melhor intérprete seria você, Juliani! Você é muito bonita e canta muito bem, mais R$ 500 para a Juliani!”, disse. Nas redes sociais, o comentário foi considerado racista por muitos.

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade