Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Renata Vasconcellos dá ‘cortada’ em Bolsonaro e repercute na internet

"Não sou obrigada a dizer", respondeu a jornalista, durante entrevista no Jornal Nacional desta terça (28)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 28 Aug 2018, 21h51 - Publicado em 28 Aug 2018, 20h54

A declaração mais comentada nas redes sociais da entrevista do presidenciável Jair Bolsonaro ao Jornal Nacional, nesta terça (28), não veio do entrevistado. Foi Renata Vasconcellos, em uma resposta a uma pergunta feita pelo candidato, que rendeu a maior repercussão.

O momento ocorreu quando o tema era a diferença salarial entre homens e mulheres no Brasil. Enquanto respondia a uma pergunta, Bolsonaro sugeriu que William Bonner receberia mais que Renata, ainda que os dois ocupassem, segundo ele, a “mesma função”. Renata, então, entrou em cena e respondeu:

– Seu salário de deputado, nós pagamos. O meu, na iniciativa privada, não sou obrigada a dizer. Mas o senhor saiba que não aceitaria receber menos que um homem na mesma função que eu – disse.

A entrevista teve outros momentos inesperados. Bolsonaro citou Luciana Gimenez (quando Renata perguntou sobre diferenças salariais entre homens e mulheres) e Bonner se confundiu ao dizer que estávamos em 2021.  Confira a repercussão:

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade