Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Paula Lavigne denuncia mulher de Barbara Gancia à Justiça após ameaças no Twitter

O Supremo Tribunal Federal tentou, mas nem a liberação das biografias não-autorizadas na semana passada foi suficiente para aplacar algumas brigas sobre os publicações entre celebridades e famosos. + Mônica Iozzi cai em pagadinha ao vivo no programa da Ana Maria Braga + Gafe de Mônica Iozzi no Video Show vai parar no CQC Na tarde desta […]

Por VEJASP - Atualizado em 26 Feb 2017, 15h56 - Publicado em 18 Jun 2015, 14h21

ABRE01

O Supremo Tribunal Federal tentou, mas nem a liberação das biografias não-autorizadas na semana passada foi suficiente para aplacar algumas brigas sobre os publicações entre celebridades e famosos.

+ Mônica Iozzi cai em pagadinha ao vivo no programa da Ana Maria Braga
+ Gafe de Mônica Iozzi no Video Show vai parar no CQC

Na tarde desta terça (16), a empresária Paula Lavigne (umas das líderes do movimento Procure Saber, que defendia a autorização prévia para esse tipo de obra, junto com seu ex-marido Caetano Veloso, Gilberto Gil e muitos outros artistas) descobriu quem foi o responsável por supostas ameaças feitas contra sua integridade através do Twitter. E o resultado é para lá de surpreendente.

+ Comercial reúne vídeos de homens descobrindo que serão pais pela 1ª vez

Continua após a publicidade

De acordo com a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, Marcela Bastos, mulher da apresentadora Bárbara Gancia e filha do ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, é a responsável pelos ataques e irá responder a processo.

Recapitulando: em 2013, quando ainda eram travadas calorosas discussões sobre o direito de publicar uma biografia não-autorizada, Paula Lavigne foi uma das convidadas do programa Saia Justa, do GNT — apresentado por Bárbara. Na época, as duas chegaram a ter uma calorosa (mas respeitosa) discussão sobre o assunto. Assista ao vídeo: 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=m8Lyw2PNN-Q?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Foi nesta época que as ameaças anônimas contra Lavigne começaram a aparecer. Nesta sexta, foi divulgado que Marcela é a responsável pelos ataques, que vão contra a “integridade física” da empresária. Os investigadores rastrearam o IP do computador da filha do ex-ministro. Agora, ela será intimada a prestar esclarecimentos ao Ministério Público. “Ameça de morte é coisa séria”, disse a produtora em entrevista.

Continua após a publicidade

Em seu Facebook, Paula Lavigne comemorou o processo com uma foto dos ataques publicados, de acordo com as investigações, por Marcela Bastos. A foto era acompanhada da mensagem: “É fácil defender a liberdade de expressão. Difícil é aceitar a opinião alheia“. A notícia é da coluna do Ancelmo Gois desta terça (16).

Facebook

Dê sua opinião: E você, é contra ou a favor das biografias não-autorizadas? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade