Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Paralisada do pescoço para baixo, noiva reaprender a andar para ir ao altar

No dia 12 de julho de 2008, Jaquie Concher foi à casa de uma amiga para mergulhar na piscina, mas o que parecia um passeio divertido acabou mudando sua vida para sempre: “Quebrei meu pescoço e instantaneamente fiquei paralisada do pescoço para baixo“, contou a jovem ao BuzzFeed. Mesmo assim, a mulher conseguiu andar no dia de seu casamento, em 22 […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 10h48 - Publicado em 15 ago 2016, 17h40

02

No dia 12 de julho de 2008, Jaquie Concher foi à casa de uma amiga para mergulhar na piscina, mas o que parecia um passeio divertido acabou mudando sua vida para sempre: “Quebrei meu pescoço e instantaneamente fiquei paralisada do pescoço para baixo“, contou a jovem ao BuzzFeed. Mesmo assim, a mulher conseguiu andar no dia de seu casamento, em 22 de maio de 2016.

+ A reação de Guga ao descobrir o apelido que ganhou na internet é pura diversão
+ Avô dá resposta “perfeita” após receber oferta para usar assento preferencial no RJ

Jacquie contou que, após uma cirurgia, um especialista disse que ela jamais voltaria a andar. Pouco mais de um mês após o diagnóstico, no entanto, a jovem apresentou um pequeno movimento no dedão do pé, o que deixou os médicos em “choque”. Por causa disso, um ano antes de seu casamento, a mulher resolveu juntar toda a sua força para realizar um sonho: caminhar até o altar no dia da cerimônia.

03

04

A recuperação contou com sessões intensas de fisioterapia, além de malhação na academia: “Eu era uma atleta no colégio, então voltar à malhar sem poder fazer os exercícios que eu fazia no passado foi muito emotivo para mim. Eu caminhava na esteira na menor velocidade possível e me segurando nas laterais, focada em não desmaiar“, contou a jovem.

001

Continua após a publicidade

Além disso , Jaquie também levantou pesos e usou máquinas para fortalecer o abdômen. O esforço, no entanto, valeu a pena: ela conseguiu ficar em pé durante 4 horas e meia de casamento, da cerimônia até a recepção. “Fiquei chocada ao perceber que fiquei em pé por tanto tempo. Eu acho que estava muito feliz para perceber se era difícil ou não. Tudo o que eu me lembro é de ser o melhor dia da minha vida“, comentou.

06

O marido de Jaquie, Andy, sabia que ela andaria até o altar, mas foi uma surpresa para todos os convidados: “Todos choraram“, contou a noiva, inclusive o próprio rapaz, que não acreditou ao ver a mulher em pé durante o casamento inteiro: “Caminhar até o altar foi como o sonho. Eu me senti realizada, e senti apenas gratidão. E eu honestamente não vi o Andy por que estava muito nervosa e ansiosa, então acabei olhado para o chão o tempo inteiro. Opa!“, brincou a mulher.

07

002

Além de todas essas vitórias, Jaquie também conseguiu acompanhar o marido na primeira dança do casal. O dia “perfeito” foi tudo que a mulher sonhou, especialmente por causa de seu enorme esforço: “Eu queria aproveitar o meu casamento sem a cadeira de rodas. Caminhar até o altar foi incrível, mas de fato ficar de pé e dançar durante o meu casamento foi o que mais importou“, celebrou.

010

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de superação de Jaquie? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade