Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Pai encontra maneira para presentear filha anos após morrer

"O meu pai morreu de câncer quando eu tinha 16 anos", revela a jovem Bailey Sellers em um tuíte que já recebeu mais de 1,4 milhão de curtidas em poucos dias

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 Nov 2017, 17h56 - Publicado em 27 Nov 2017, 17h44

A história de amor de Michael Sellers por sua filha, Bailey, está emocionando internautas do mundo inteiro. O homem, que morreu em 2012 vítima de um câncer, fez questão de garantir que a jovem, na época com 16 anos, recebesse flores no dia do aniversário, anos após a sua morte. Na sexta (24), a jovem compartilhou o último buquê que ganhou em nome do pai, na celebração dos seus 21 anos de vida.

O meu pai morreu de câncer quando eu tinha 16 anos e, antes de morrer, ele pagou por flores para que eu recebesse um buquê todos os anos pelo meu aniversário. Estas são as flores do meu 21º aniversário e também as últimas. Eu sinto muito a sua falta, papai“, escreveu a jovem no Twitter.

A mensagem, que também mostra um cartão escrito à mão, chamou atenção no Twitter e, em poucos dias, já acumulou mais de 1,4 milhão de curtidas, além de 350 000 retuítes. Confira:

Bailey, esta é a minha última carta de amor para você até o nosso reencontro. Eu não quero que você derrame mais nenhuma lágrima por mim. Estou em um lugar melhor. Você é e sempre será a joia mais preciosa que eu ganhei. É o seu 21º aniversário e eu quero que você sempre respeite a sua mãe e mantenha-se fiel a si mesma“, diz a última mensagem escrita por Michael. “Seja feliz e viva a vida ao máximo. Eu ainda estarei com você a cada marco importante. Apenas olhe ao redor e lá eu estarei. Eu te amo e parabéns, querida!“.

Ao Independent, Bailey revelou que foi tomada por uma série de sentimentos ao ler o último bilhete: “Eu fiquei arrasada. A carta era muito, muito incrível e, ao mesmo tempo, triste“.

Na internet, a jovem revelou que esperava ansiosa pelo seu aniversário todos os anos justamente por causa das flores — e que sentiu seu coração despedaçar ao saber que as flores do seu 21º aniversário seriam as últimas. A jovem, que mora no Tennessee, nos Estados Unidos, vive com a mãe e mais três irmãos. Michael foi diagnosticado com câncer de pâncreas duas semanas antes do Natal de 2012 e morreu em 2013.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da homenagem de Michael para a filha, Bailey? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook.

Publicidade