Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mulheres estão tirando fotos de suas estrias e celulites por uma boa causa

Uma usuária do Twitter resolveu lançar uma campanha para promover o amor e a autoestima entre as mulheres: a tag #ThighReading (“Leitura de Coxa”, em português) está dominando as redes sociais com histórias de mulheres reais — e o que suas estrias, celulites e cicatrizes nas pernas representam. + Namorado homenageia pai de noiva em pedido de […]

Por Tatiane Rosset - Atualizado em 26 fev 2017, 15h19 - Publicado em 28 jul 2015, 18h04

ABRE02

Uma usuária do Twitter resolveu lançar uma campanha para promover o amor e a autoestima entre as mulheres: a tag #ThighReading (“Leitura de Coxa”, em português) está dominando as redes sociais com histórias de mulheres reais — e o que suas estrias, celulites e cicatrizes nas pernas representam.

+ Namorado homenageia pai de noiva em pedido de casamento emocionante
+ Homem que “segue” esposa posta foto deslumbrantes da lua-de-mel do casal

Criada pela usuária @princess_labia no dia 20 de julho, a tag só viralizou na tarde desta terça (28) — ela encoraja as mulheres a publicarem fotos sem retoque de suas coxas. A internauta comenta que teve a ideia depois de perceber que “suas estrias contavam uma história, da mesma maneira que as linhas das minhas mãos contam”. Ela disse ainda que ela se sentiu poderosa ao publicar as imagens e que não sabia que tantas garotas iriam aderir ao movimento.

Entre as imagens compartilhadas pelas meninas, estão estrias, celulites, marcas de flagelamento, cicatrizes de cirurgias, marcas de nascença e muito mais. “Eu acredito que estas fotos não apenas celebram o seu corpo, mas o corpo de todas as mulheres que já sentiram que suas imperfeições a definiam. Eu postei essas fotos por mim, mas também para elas“, a criadora da campanha contou ao Mashable. Confira imagens da campanha:

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: O que você achou da incrível atitude das mulheres? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade