Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mãe de Claudia Leitte faz revelação curiosa sobre nascimento da cantora

Dona Ilna acompanhou a filha no "Programa do Porchat" desta quinta (10) e acabou roubando a cena na internet

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 14h09 - Publicado em 11 Maio 2018, 12h04

Dona Ilna, mãe de Claudia Leitte, acompanhou a filha no Programa do Porchat desta quinta (10). No bate-papo, a mulher, cheia de bom humor, fez uma revelação inusitada sobre o nascimento da cantora. Ao apresentador, Ilna revelou que o parto da filha foi cheio de emoções e teve direito a viagem de avião e até intervenção policial.

Meu marido trabalhava em São Paulo, já estava perto de terminar o contrato dele e eu tinha que parir. Eu tinha que parir Claudia. A bolsa começou a romper…“, explicou Ilna antes de ser interrompida pela filha. A mulher, então, aproveitou para alfinetar a cantora: “Fala para caramba Claudia. Eu vou deixar ela contar porque ela lembra, ela estava lá, ela lembra!“, disparou a mulher antes de continuar a história. “A bolsa rompeu, eu fui para o hospital aqui em São Paulo. A médica disse assim ‘vamos esperar uns 12 ou 15 dias’. Era tudo o que eu queria porque eu tinha que parir em Salvador. Tá todo mundo lá, minha família!“, relembrou Ilna.

Dois dias depois de ter ido ao hospital fui para o aeroporto. Quando eu tô lá eu quis tomar um suquinho. Peguei o canudinho, tomei o suquinho a bolsa rompeu. Essa apressadinha aqui queria sair. Aí eu disse assim ‘a única solução é fralda geriátrica’. Eu falei para o meu marido ‘vá comprar uma fralda geriátrica que dá certo’. Eu coloquei cinco fraldas geriátricas, eu andava com as pernas abertas. Quando eu entrei no avião, o comandante perguntou de quantos meses eu estava e eu respondi sete. O risco, na decolagem, era sair. Eu prendi a perna e disse ‘não sai nada’. Aí quando eu cheguei no Rio estava a poltrona toda escura, era verde clarinho, ficou escuro“, disse Ilna.

A mulher, então, foi colocada dentro de um carro: “Fomos pela ponte Rio-Niterói na velocidade porque o primo de Claudio é obstetra e ele ia fazer o meu parto. Aí mandaram me levar para a maternidade em São Gonçalo. Quando vai naquela velocidade a polícia para na frente. A polícia nos parou e Claudio disse ‘gema, gema’. Eu não sentia nada. Aí eu peguei, encostei o barrigão… Claudia nasceu artista, é sério. Nasceu em São Gonçalo“, contou Ilna Leitte. “Por isso que eu sou louca assim“, completou Claudia. Assista: 

A participação curiosa chamou atenção no Twitter, onde muitos internautas parabenizaram o bom humor de dona Ilna. Confira a repercussão: 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou do história revelada por dona Ilna? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade