Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mãe adotiva desabafa após comentário sobre maternidade

No Facebook, conhecida comentou que ela "não era uma mãe de verdade porque ela não deu à luz"; a mãezona deu uma resposta que está chamando na internet

Por Redação VEJA São Paulo 4 Maio 2017, 18h25

Ser pai ou mãe nunca é uma tarefa fácil — mas ela pode ser extramente difícil para algumas pessoas. Recentemente, a usuária do reddit @vietnamazinggg recebeu um comentário inesperado de uma conhecida no Facebook: a mulher disse que ela “não era uma mãe de verdade porque ela não deu à luz”. Irritada, ela resolveu responder.

Eu não dei à luz. Eu não consegui senti-lo crescendo dentro de mim, e também não pude abraçá-lo contra a minha pele quando ele nasceu. Talvez, a partir da sua definição, o meu filho não seja parte de mim — ele não parece comigo ou com a minha esposa. Mas deixe que eu explique o que significa ser uma mãe para mim“, começa ela no desabafo que, até o momento, já acumula mais de 760 curtidas no site. Confira: 

Na sequência, a mulher continua falando sobre sua experiência como mãe adotiva: “Eu não passei horas em trabalho de parto, mas eu trabalhei por anos. Eu esperei por anos para receber a notícia de que eu tinha sido escolhida, que nós finalmente seríamos mães. Eu não senti as dores do parto. Mas eu senti o incrível vazio no meu coração e na minha casa enquanto eu e minha esposa esperávamos ansiosamente para começar a nossa família com a ajuda da adoção“, diz.

Eu posso não ter acordado no meio da noite para amamentar o meu filho. Mas eu passei muitas noites acordada, rezando para quem estivesse ouvindo, pedindo para que nós fossemos escolhidas. Me questionando do por que nós ainda não tínhamos sido escolhidas. Aprimorando o nosso perfil, mandando e-mails infinitos perguntando sobre crianças para adotar e recebendo um ‘não’, um após o outro. E, como você disse, ‘você não pode entender o sentimento’. Eu tenho certeza que você também não faz ideia do que eu senti“, revela.

A mãezona também revela o passado conturbado de seu filho no desabafo: “A vida de uma criança depende de mim — você está certa. Meu filho foi decepcionado por todas as pessoas de sua vida. Você acha que eu não perco o sono. Ele pode não me acordar para alimentá-lo a cada duas horas, mas ele grita durante o sono — sem dúvida, revivendo traumas do passado, da vida que ele tinha antes de ter adotado“.

Nem toda experiência é a sua experiência. Nem toda mãe é mãe só porque ela deu à luz. Nem toda criança é sua ou ‘parte de você’ porque ela cresceu dentro do seu corpo. Meu filho sempre será parte de mim, porque nós estamos lutando pela vida juntos“, finaliza — clique aqui para saber mais. As informações são do site HelloGiggles.

  • Dê sua opinião: E você, o que achou da mensagem da mãe do menino? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

    Continua após a publicidade
    Publicidade