Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Bilhete inspira adolescente de 16 anos a ajudar homem em situação de rua

Após encontrar a mensagem, a adolescente fez uma foto do papel e o compartilhou no Facebook para tentar ajudar o rapaz de 37 anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 25 mar 2019, 17h56 - Publicado em 25 mar 2019, 16h32

Charlotte Howard caminhava pelas ruas da cidade de Hastings, em East Sussex, no Reino Unido, quando encontrou um bilhete inusitado. A mensagem estava ao lado de uma barraca, o que chamou atenção da adolescente de 16 anos. Ao ler o conteúdo do pedido, ela foi às lágrimas: as palavras foram escritas por Anthony Johnson, um homem de 37 anos de idade que há nove anos vive em situação de rua.

“Procura-se trabalho. Eu posso fazer um teste gratuito para mostrar como eu trabalho. Não uso drogas ou bebo. Também estou disposto a: caminhar com cachorros, limpar janelas, fazer jardinagem, lavar carros, fazer trabalhos caseiros e cozinhar. Qualquer coisa para ganhar a vida e fazê-la valer a pena. Ajude a mudar uma vida”, pedia o bilhete escrito por Anthony, que chamou atenção de Charlotte.

Após encontrar a mensagem, a adolescente fez uma foto do bilhete e a compartilhou no Facebook para tentar ajudar o homem. Na rede social, o apelo de Anthony chamou atenção de Nelson Smith, uma paisagista que viu potencial no rapaz em situação de rua. Após entrar em contato com Charlotte, o profissional conversou com Anthony e conseguiu recolocá-lo na área. “Tive problemas de saúde mental há pouco tempo e, nesse bilhete, eu pude ver uma pessoa tentando se ajudar”, revelou o homem ao Bored Panda.

Já Anthony está grato pela iniciativa de Charlotte: “Eu não teria ido procurar nenhum tipo de posição se não fosse por ela — ela é incrível”, disse o homem. “Não é como se eu não tivesse pedido ajuda antes, mas tudo o que foi preciso foi uma pessoa de coração aberto como a Charlotte para me ajudar”, acrescentou. A adolescente diz que foi a última frase do bilhete de Anthony, “ajude a mudar uma vida”, que a motivou a tomar uma atitude.

O homem revelou que está se recuperando de um período ruim, repleto de drogas e crimes. “Eu não queria fazer o que fiz, mas os meus círculos sociais eram de usuários de drogas e criminosos. Agora, eu convivo com pastores e pessoas fazendo trabalhos voluntários”, disse. Foi ao decidir abandonar os velhos hábitos que Anthony foi encontrar uma morada nas ruas da cidade britânica — ele, no entanto, não queria ser um homem em situação de rua, apenas queria fazer uma diferença em sua vida. “Conquistar um trabalho é poder fazer algo com a sua a vida, e não desperdiçar a sua vida em um banco”.

Além de ajudar Anthony a retornar ao mercado de trabalho, Charlotte também conseguiu arrecadar 1 000 libras para ajudá-lo a encontrar um lugar para morar enquanto trabalha — comprando um trailer para o homem. “Muito obrigado por me ajudar, obrigado por entender a minha situação”, disse o homem após a repercussão da história. “Se eu pudesse escrever um bilhete para todas as pessoas que doaram e me ajudaram, eu escreveria”.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história inspiradora? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade