Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

“É de dar dó”, afirma Joelma sobre carreira do ex-marido, Ximbinha

Em entrevista, cantora falou sobre o passado com o músico, que diz ter perdoado

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 13h44 - Publicado em 2 out 2019, 16h59

Joelma abriu o jogo sobre seu passado com Ximbinha, seu ex-marido e antigo companheiro da banda Calypso. Em entrevista ao jornalista Leo Dias, lamentou a atua situação profissional do ex-cônjuge, que não tem conseguido repercussão profissional.

É de dar dó, mas fazer o quê? A gente planta, a gente colhe. Eu não vou colher por ele. Assim como ele não vai colher por mim. Por isso eu sempre bato na mesma tecla: você tem que perdoar porque tudo o que aquela pessoa fez para você, ela vai colher. A gente não precisa fazer nada. Deus é justo”, disse.

A cantora afirmou que não guarda mágoas de suas relações conturbadas no passado, inclusive com o pai, que ela já viu agredir a mãe. “O mal que você guarda dentro de você, o ódio … isso tudo te impede de ser feliz. Eu não queria isso para mim. Mas não é fácil”, disse.

Com Ximbinha não foi diferente. O término dos dois, após 18 anos de união, foi permeado de denúncias de abuso psicológico e agressões. “Perdoei. Em três meses já estava livre, leve. Encontro mulheres que, em dez anos de vida, não conseguiram perdoar”, disse. 

Contou ainda sobre o desejo de encontrar um novo companheiro. “Eu quero alguém, mas alguém que seja para a vida inteira. Se não for, não quero não. Vou me casar novamente e quero ter mais um filho”.

Dê sua opinião: E você, o que achou das declarações de Joelma? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade