Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Entrevista de 1987 com Hebe Camargo chama atenção no Twitter

No Mês do Orgulho LGBT, a conversa da apresentadora, morta em setembro de 2012, está repercutindo nas redes sociais por um motivo emocionante

Por Redação VEJA São Paulo - 14 Jun 2017, 14h24

Muito gente sabe, mas é sempre bom relembrar: em junho é celebrado o Mês do Orgulho LGBT. Não à toa, a Parada Gay de São Paulo será realizada neste domingo (18) — clique aqui para saber mais sobre o evento. Nesta terça (13), um vídeo estrelado pela apresentadora Hebe Camargo, morta em setembro de 2012, está chamando atenção no Twitter.

O registro mostra a então apresentadora do SBT discutindo com jornalistas e convidados no programa “Roda Viva”, da TV Cultura. A entrevista, feita em 1987, está fazendo sucesso por um motivo muito especial: na entrevista, Hebe Camargo defende os homossexuais e discute a questão. “Por que não defender? Eles são piores do que a gente? Eles escolheram ser assim? São seres humanos iguais a gente. Eles têm pai, têm mãe, irmãos. Trabalham, pagam seus impostos“, argumenta. Assista: 

Caso você não tenha reconhecido, o último repórter a questionar Hebe sobre a questão é o jornalista de celebridades Leão Lobo — fato que chamou muita atenção dos internautas. O registro foi compartilhado nesta terça (13) pelo usuário do Twitter @shawflops e, desde então, já acumula mais de 9 900 curtidas e foi retuitado mais de 7 400 vezes. Confira a repercussão:

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou do vídeo de 1987? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade