Após furto, ladrão pede a senha do celular da vítima em mensagem

"Ela até me perguntou se eu queria algumas fotos do meu celular, como se ela estivesse me fazendo um favor. E me agradeceu. Eu não conseguia acreditar"

A universitária Beth Freestone, de 18 anos, ficou arrasada ao descobrir que seu iPhone havia sido roubado durante uma noitada em Manchester, na Inglaterra. O mais surpreendente, no entanto, foi a mensagem que ela recebeu meses após o crime: pelo Facebook, uma mulher disse ter encontrado o celular da jovem — e, por incrível que pareça, pediu para que a estudante compartilhasse a senha do aparelho para que ela pudesse usá-lo.

Ao The Daily Mail, a jovem relembrou a noite em que perdeu o smartphone: “Eu estava em Manchester e, no fim da noite, percebi que não estava com o meu celular. Eu tive que comprar um aparelho novo, gastei 700 libras. Foi irritante, mas eu pensei que era apenas uma dessas situações em que eu jamais veria o meu celular novamente. Cinco meses depois, eu vi a mensagem no meu celular“.

A mensagem dizia: “Olá, espero que você não se importe com a pergunta, mas me deram este celular que eu acredito que você perdeu. Eu só o estou usando pelas próximas duas semanas enquanto o meu aparelho é consertado, mas preciso da sua senha do iCloud. Você poderia compartilhá-la comigo? Assim eu poderia sair da sua conta e entrar na minha. Obrigada!‘, dizia a mensagem enviada pela mulher misteriosa.

Ela até me perguntou se eu queria algumas fotos do meu celular, como se ela estivesse me fazendo um favor. E me agradeceu! Eu não conseguia acreditar“, disse Beth.

A universitária não ficou nada confortável com a situação e decidiu não enviar a senha. “Eu sabia que era o meu smartphone, mas eu não me senti confortável enviando a minha senha para ela, já que a senha está linkada ao meu cartão de crédito“, disse. Beth, então, pediu para que a mulher enviar o celular para a dona — a universitária até pagou o valor do correios. A jovem concordou: “Mas ela nunca me mandou o celular e ficou inventando desculpas“.

Ela me bloqueou no Facebook e então desconectou o número do celular. Depois, eu não consegui entrar em contato com ela novamente. Amigos meus também enviaram mensagens, mas ela continuou ignorando os pedidos e começou a ficar agressiva“.

Uma das respostas que a jovem recebeu de mulher a surpreendeu: “Ligar para polícia acabaria com tudo porque eu não roubei o seu celular, então não tente me ameaçar e pare de me ligar“. Ela, então, explicou o suposto motivo de ainda não ter enviado o celular: “Infelizmente, eu trabalho em dois empregos e ainda não pude ir aos correios. Ele será enviado em breve. Não é um crime, já que eu o encontrei e não o roubei. Eu estou te fazendo um favor!“.

Infelizmente, Beth não tinha um aplicativo para encontrar o smartphone e não fez uma queixa à polícia. Após as mensagens ameaçadoras, a mulher compartilhou a história no Twitter — onde a mensagem já recebeu mais de 15 000 curtidas em poucos dias. Confira: 

Dê sua opinião: E você, o que achou da história inusitada da jovem? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s