Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Fátima Bernardes divide opiniões ao defender convidada no Encontro

"Bráulio, e se eu chegasse para você e falasse: 'Bráulio, a partir de semana que vem, sem chapéu?'", questionou a apresentadora nesta sexta (5)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 out 2018, 13h07 - Publicado em 5 out 2018, 13h04

Fátima Bernardes recebeu a jovem Letícia no Encontro desta sexta (5) para debater até que ponto uma empresa pode intervir no visual do funcionário. A mãe da jovem, Eliana, enviou uma mensagem para a atração matinal da TV Globo revelando que a filha foi demitida por causa do cabelo azul: “Ela fez entrevista com uma empresa, fez todos os testes e foi aprovada. Antes de aceitar a proposta, ela perguntou se podia ter o cabelo colorido. No RH, disseram que sim, então começou a trabalhar, estava tudo bem até alguém falar que uma pessoa da empresa não aprovou seu cabelo. Ela foi demitida por causa da cor do cabelo”, diz a mensagem.

Letícia revelou que pinta os fios desde os 15 anos de idade e que há muito tempo não vê a cor natural do cabelo. “Eu estava com o cabelo ruivo na época, eu comecei a fazer os testes mais ou menos em junho, passei em todas as fases e quando eu fui entregar a documentação no RH perguntei qual seria a roupa que eu deveria ir e acabei perguntando quanto ao cabelo…”, revelou a convidada. “Eu perguntei se teria algum problema de eu ter o meu cabelo azul. Fui informada de que era uma empresa mais tranquila, com uma vestimenta mais despojada e que não teria nenhum problema”.

Após duas semanas de trabalho, Letícia foi informada que não poderia ter o cabelo azulo dentro da empresa e, após negociações com superiores, foi demitida. O problema? Telespectadores questionaram não só a relevância do bate-papo, como também a suposta defesa de Fátima Bernardes: “Tem muito a ver com a sua identidade, com o que as pessoas acostumaram a ver de você. Assim como ela diz, acaba virando uma violência, você trocar a sua cor de cabelo. Vira parte de você. Bráulio, e se eu chegasse para você e falasse: ‘Bráulio, a partir de semana que vem, sem chapéu?’. Eu jamais falaria isso!” — clique aqui para assistir ao momento.

“Ela gosta de mudar, mas ela gosta de mudar de acordo com as cores que ela escolhe”, argumentou Fátima. “A nossa produção entrou em contato com a agência de viagens onde a Letícia trabalhou e eles disseram que preferiam não se pronunciar sobre o episódio”, explicou a apresentadora. Confira a repercussão: 

Dê sua opinião: E você, o que achou do Encontro desta sexta (5)? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade