Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Denunciado, Naldo quebra silêncio sobre agressão à mulher

Funkeiro se disse "destruído e arrependido" pelo acontecido. Ele chegou a ser preso por porte ilegal de arma depois da denúncia, mas foi liberado

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 7 dez 2017, 16h55 - Publicado em 7 dez 2017, 16h09

Acusado de agressão pela mulher, o funkeiro Naldo Benny falou pela primeira vez sobre o assunto. Ele chegou a ser preso depois que a polícia encontrou munições e uma arma não registrada, mas foi liberado depois de pagar fiança.

  •  

    Em comunicado, o cantor se disse “destruído e arrependido” pela agressão. “Quero pedir perdão à minha mulher. Vou lutar pela minha família. Estou extremamente destruído, arrependido, quebrado, completamente machucado”. A dançarina Ellen Cardoso, conhecida como Mulher Moranguinho, foi à polícia depois de ter sido agredida no sábado (2). O motivo seria uma crise de ciúmes por parte do cantor.

    A denúncia de agressão segue em aberto, ou seja: ele pode ser preso novamente.

    Eles são casados desde 2013 e pais de uma menina chamada Maria Victória, que tem 2 anos de idade. “Quero pedir perdão aos meus fãs, uma saudade absurda da minha filha, uma saudade absurda da minha mulher. E vou lutar pela minha família. Não abro mão da minha família”, completou.  Ele também prometeu buscar ajuda psicológica e pediu orações aos fãs e familiares.

    Assista ao vídeo:

    Continua após a publicidade

    O caso

    Naldo foi preso na quarta (6), depois que policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa dele.

    Segundo comunicado da Polícia Civil do Rio de Janeiro, agentes da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá foram ao local após ordem da delegada Viviane Costa, responsável por investigar o caso. Foram achados uma pistola calibre 7,65 e quatro munições.

    Ele foi solto no início da tarde depois de pagar a fiança. Em seguida, o funkeiro fez um pequeno show na festa de fim de ano do  18º Batalhão da PM, em Jacarepaguá. A informação é do jornal carioca Extra.

    Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

    Continua após a publicidade
    Publicidade