Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Em show, Danilo Gentili diz que ex-ministra merecia ser estuprada

Comediante disse que foi "brincadeira", mas foi criticado nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo - 6 out 2018, 15h55

Durante uma apresentação em Curitiba do seu show Politicamente Incorreto na última quinta-feira (4), o comediante Danilo Gentili causou revolta de internautas por afirmar que a deputada federal e ex-ministra dos Direitos Humanos Maria do Rosário merecia ser estuprada.

A esquete fazia referência à frase dita pelo candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), à parlamentar em 2014. Na ocasião ele disse que ela “não merecia ser estuprada porque era muito feia”. No ano passado, o candidato foi condenado pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça) por danos morais à deputada. Ele recorreu e o caso está no STF (Supremo Tribunal Federal).

“Eu confesso, Bolsonaro fala muitas coisas que não concordo, como aquela vez que ele falou para a Maria do Rosário que ela não merece ser estuprada. Não concordo com isso. Merece”, diz Gentili, que é aplaudido pela plateia.

Na sequência, após ser ovacionado pela plateia, o apresentador diz ao público que eles não deveriam aplaudir e volta a brincar com a situação. “Vocês não deviam aplaudir isso. Eu nem acho que ela merece ser estuprada, só estou brincando. Só falei isso porque ela não pode me processar. Porque ela já processou ele quando ele falou que ela não merece. Imagina o processo chegando para o juiz:’ E agora? Merece ou não merece. Só um pode vencer. É um caso para o rei Salomão, não para mim'”, disse.

A apresentação foi transmitida ao vivo no Facebook e no YouTube, onde teve cerca de 1,2 milhão de visualizações. Pelo Twitter, o show foi elogiado e criticado. Confira na íntegra o vídeo da apresentação.

Continua após a publicidade
Publicidade