Mãe descobre verdadeira cor de armário três anos depois da compra

Na semana passada, a mulher estava fazendo uma limpeza pesada na casa do casal quando decidiu remover a fita do móvel

Kayleigh Greer, uma mãe de 35 anos de idade, investiu 150 libras (cerca de 750 reais) em um armário em julho de 2016. A ideia era que o novo acessório servisse para suportar a televisão no quarto da mulher e do marido, Darren Greer. A consumidora, no entanto, não ficou feliz com a cor do móvel: ela até chegou a questionar a loja se o produto era vendido em outras cores além do armário azul que lhe foi apresentado, mas a peça era a única em estoque — e, apesar de não combinar com a decoração do quarto, em cinza e prateado, eles aceitaram a proposta.

Após três anos frustrada com a coloração do móvel, a família descobriu que o armário era cinza e que a coloração azul estava ali por causa de uma película protetora. Pais de três crianças, eles até perceberam que a peça tinha um plástico, mas resolveram deixá-lo para evitar futuros acidentes. Na semana passada, a mulher estava fazendo uma limpeza pesada na casa do casal quando decidiu remover a fita do armário. Foi quando ela notou que o plástico azul cobria todas as gavetas do objeto, revelando sua pintura original.

Apesar do choque, Kayleigh diz que agora é como se o casal tivesse um armário novinho em folha: “Eu nunca nem suspeitei que a coloração azul era por causa de um filme protetor! Eu sabia que tinha uma fita branca no topo de todas as gavetas — achava que elas serviriam como uma barreira de proteção, então decidi deixá-las no armário”, desabafou a mulher ao Daily Mail.

Na semana passada, enquanto aspirava o tapete próximo ao armário, a mulher notou as supostas fitas protetoras novamente: “Pensei ‘já que estou aqui mesmo, eu posso muito bem finalmente remover o plástico protetor'”, explicou a mulher. “Ao começar a puxar o plástico, eu notei que um filme azul estava sendo levantado — e eu entrei em pânico achando que tinha destruído a cômoda! Mas continuei puxando e puxando, até revelar um belíssimo tom de cinza, o móvel é lindo!”, contou a mamãe.

“Eu comprei esse armário em 2016 e o móvel que eles tinham exposição era desse mesmo tom de azul. Cheguei a perguntar se eles faziam outras cores, mas eles disseram que não. Eu não queria um gabinete azul, mas eu achei que era o modelo mais próximo do nosso quarto”, explicou a mulher após a repercussão da história. “O nosso quarto é cinza e prateado, então o armário parece muito mais harmônico agora, é como se nós tivéssemos comprado um novo móvel, sem gastar nada”, comemorou.

Após retirar o plástico protetor, Kayleigh foi até a sala com os pedaços de proteção azul em seus braços, surpreendendo Darren. O homem, que cuidava dos filhos do casal, correu até o quarto para ver o que tinha acontecido — mas foi surpreendido. “Ele me perguntou da onde eu tinha tirado o plástico, e quando eu disse que tirei do armário ele caiu na gargalhada antes de subir correndo as escadas para ver o que tinha acontecido. Ele achou que ficou incrível, ele prefere a nova cor!”.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história inusitada? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s