Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Casada com Johnny Depp por 14 anos, Vanessa Paradis defende ex-marido em desabafo

O ator Johnny Depp está enfrentando maus momentos: após a morte da mãe e um divórcio, a ex-esposa do artista o acusa de ter praticado violência doméstica. Amber Heard disse que foi agredida por Depp mais de uma vez e que, na última briga do casal, ele teria quebrado um iPhone em seu rosto, deixando hematomas. + Taís Araújo é […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 11h40 - Publicado em 30 Maio 2016, 18h55

ABRE

O ator Johnny Depp está enfrentando maus momentos: após a morte da mãe e um divórcio, a ex-esposa do artista o acusa de ter praticado violência doméstica. Amber Heard disse que foi agredida por Depp mais de uma vez e que, na última briga do casal, ele teria quebrado um iPhone em seu rosto, deixando hematomas.

+ Taís Araújo é comparada a personagem de Chaves no Domingão do Faustão
+ Sônia Abrão sai apressada durante programa ao vivo; entenda o caso

A também atriz (eles se conheceram durante as gravações do filme Diários de Um Jornalista Bêbado e foram casados por apenas 15 meses) pediu uma ordem de restrição temporária contra Depp até que a audiência sobre o assunto seja realizada — o encontro está marcado para o próximo mês. Após muitas más notícias, no entanto, o ator ganhou uma aliada: sua ex-esposa, a atriz francês Vanessa Paradis, com quem o ator foi casado durante 14 anos.

Vanessa e Depp se divorciaram em 2012 e têm dois filhos: a adolescente Lily-Rose, de 17 anos, e o pequeno Jack, de 14 anos. Numa carta publicada pelo site TMZ, a atriz garante que nunca sofreu nenhum tipo de violência física durante o relacionamento dos dois. Confira a carta: 

nota-carta-

Para quem possa interessar, Johnny Depp é o pai dos meus dois filhos — ele é uma pessoa sensível, amorosa e amada, e eu acredito, do fundo do meu coração, que estas alegações que foram feitas recentemente são ultrajantes. Em todos os anos que eu conheci Johnny, ele nunca me tratou de forma fisicamente abusiva e isso não se parece nada com o homem que eu vivi incríveis 14 anos“, escreveu a mulher em 27 de maio.

Dê sua opinião: E você, o que achou do apoio demonstrado pela atriz francesa? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade