Clique e assine por apenas 6,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Novidades da cultura pop e da internet

Homem revela como cachorro salvou família de incêndio

"Eu quero contar uma história sobre o Hank, e eu quero que você saiba que essa história tem um final feliz", disse no Twitter

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 26 Mar 2019, 12h27 - Publicado em 26 Mar 2019, 10h42

Um paizão chamou atenção na internet ao compartilhar a história de como o seu golden retriever de estimação salvou a vida da família após descobrir um incêndio na propriedade. No Twitter, @USCocksman revelou que sua mulher e os filhos do casal estavam dormindo, por volta de meia-noite de uma sexta-feira, quando Hank, a mascote, começou a latir. “Eu quero contar uma história sobre o Hank, e eu quero que você saiba que essa história tem um final feliz”, começou.

“A minha mulher e meus filhos estavam dormindo, eu estava terminando de assistir um filme em outro cômodo. O Hank não parava de latir”, relembrou o homem. “Então eu sai do sofá e fui até a sala de estar para fazê-lo ficar quieto. Assim que eu virei o corredor, notei que todo o jardim estava brilhando, em laranja”, relembrou @USCocksman na thread compartilhada no Twitter — e que já acumula mais de 31 000 curtidas desde sua publicação, no sábado (23).

Continua após a publicidade

O homem, então, revela que o jardim da família estava repleto de objetos inflamáveis, como “galpões de madeira cheios de gasolina e tinta”. Os carvalhos do quintal também estavam pegando fogo, assim como folhas em chamas se espalhavam pelo ambiente. “Nós acordamos todo mundo, ligamos para os bombeiros, e levamos toda a família e os nossos dois cachorros para a frente da casa em poucos segundos. A cerca e o galpão do vizinho pareciam uma tocha. Nós conseguímos acordá-los e levá-los para fora da casa, junto com o cachorro da família, a tempo dos bombeiros chegarem a cena do incêndio”, relembrou o homem.

O fogo espalhou para a casa da família de @USCocksman no mesmo momento em que os bombeiros chegaram. “Um minuto ou dois a mais, e nós teríamos perdido tudo. No entanto, todos estão a salvo, e nós ainda temos uma casa! Ela está preta e ‘crocante’ em um dos lados, mas está intacta”, disse o homem. “Os bombeiros foram incríveis. Estava ventando, então eles precisaram conter o fogo por mais duas quadras. É inacreditável o talento e a coordenação deles”, elogiou.

O último elogio, no entanto, foi para a mascote: “Então, Hank. Este é ele hoje, 6 anos após comer alguns sapatos e 15 horas após salvar a nossa casa e família. Ele pode comer todos os calçados e gravetos que quiser, e eu nunca mais vou ficar bravo com ele por latir. 15/10, o melhor cachorro do mundo”, finalizou o homem na homenagem.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história da família? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade