Clique e assine por apenas 5,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mulher faz alerta sobre cachorro morto para polícia, mas é surpreendida

Kristen Polletta estava atrasada para uma reunião quando notou, na beira da estrada, o que parecia o corpo de um cachorrinho, imóvel

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 10 jan 2019, 19h25 - Publicado em 10 jan 2019, 18h35

Kristen Polletta estava atrasada para uma reunião quando notou, na beira da estrada, o que parecia o corpo de um cachorrinho, imóvel. A mulher logo acreditou que a mascote estivesse morta e, sem tempo para checar o que tinha acontecido, enviou uma mensagem ao Centro de Controle de Animais de Providence, nos Estados Unidos, uma mensagem explicando a situação. Ao receber a queixa da mulher, no entanto, os policiais da cidade de Rhode Island foram surpreendidos.

“Olá, eu vi um pequeno yorkshire ou schnauzer na estrada, e ficou claro que ele estava morto há algum tempo. Estava atrasada para uma reunião, mas queira muito ter parado para socorrê-lo”, explicou Kristen na mensagem. “Ele ou ela tinha uma coleira roxa ou cor-de-rosa. Me parece que é de uma família. O cachorro estava na Rua W. River entre um sinal de pare, uma loja e o escritório da Secretaria Municipal de Providence. Estou avisando caso vocês recebam notícias da família”, explicou a mulher, com boas intenções.

O Centro de Controle de Animais de Providence respondeu a mensagem, enviada pelo Facebook: “Olá, você poderia ligar para o departamento de polícia? Basta dizer o que você me contou, o número é 272 111”, explicou o responsável pelas redes sociais. Após alguns minutos, ele enviou uma nova mensagem: “O animal era uma peruca. Nós checamos pouco tempo atrás, espero que você se sinta melhor”.

Pois é, Kristen achou que uma peruca caída na estrada era, na verdade, um cachorro de estimação. “AH, MEU DEUS, eu sinto muito! Quer dizer, eu estou gargalhando. Mas eu sinto muito que vocês precisaram ir até lá. Espero que vocês também estejam rindo!”, escreveu a mulher após a gafe. “Não precisa pedir desculpas, nós também fomos às gargalhadas e ficamos muito felizes que não era um cachorro”. A mulher compartilhou a história no Facebook, onde a história inusitada já foi compartilhada mais de 94 000 vezes. Confira: 

A melhor parte? Após o desencontro e a falsa pista, no retorno para casa, Kristen decidiu parar no mesmo local para descobrir se, realmente, o que ela achou que fosse um cachorrinho ainda estava lá… a mulher até tirou uma foto da peruca bagunçada e compartilhou no Facebook com os amigos — e também com a internet.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história inusitada? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade
Publicidade