Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

A história de um garotinho transgênero de cinco anos está emocionando a internet

Em 2010, o casal Mimi e Joe Lemay tiveram a adorável garotinha Mia, sua filha. Os pais, no entanto, jamais imaginariam que, aos 2 anos de idade, ela começaria a pedir para ser chamada e tratada como se fosse um menino — e a reação deles está emocionando a internet. + Enfermeira se emociona ao ver […]

Por Tatiane Rosset Atualizado em 26 fev 2017, 16h55 - Publicado em 27 abr 2015, 18h37

ABRE01

Em 2010, o casal Mimi e Joe Lemay tiveram a adorável garotinha Mia, sua filha. Os pais, no entanto, jamais imaginariam que, aos 2 anos de idade, ela começaria a pedir para ser chamada e tratada como se fosse um menino — e a reação deles está emocionando a internet.

+ Enfermeira se emociona ao ver paciente levantando de cadeira de rodas
+ Este vídeo de bebês reagindo ao trailer de Star Wars vai renovar sua fé na Força

Os primeiros traços da recusa do comportamento feminino apareceram quando Mia passou a negar roupas tipicamente de garotas, como vestidos e saias, e passou a, por meses, vestir um casaco de um cachorro. Em um primeiro momento, o casal esperava que a menina estivesse apenas passando por uma fase. Mas, com o tempo, perceberam que não era nada disso: “Sua necessidade de interpretar papéis masculinos, de ser visto como um garoto em casa, se tornou mais persistente“, os pais contaram ao canal americano NBC.

+ Para dizer para o pai que ela o ama, ela precisou enviar mensagem para o espaço

Essas é uma característica forte de crianças possivelmente transgêneras: insistência“. A princípio, Mimi diz que estava “confusa e preocupada” — e foi então que ela e sua família sofreram um acidente de carro que transformaria a vida de todos. Estava na hora de deixar Mia se transformar em Jacob, algo que era “o seu maior sonho”. Assista: 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kVmau1cM5TU?feature=oembed&w=500&h=281%5D

De acordo com os pais, Jacob não costumava sorrir muito antes da transformação — mas que agora sua personalidade alegre e enérgica está começando a chamar a atenção. “O coração de uma mãe sabe quando seu filho está sofrendo (…). Eu quero que ele saiba o quão orgulhosa eu estou dele, quão bravo eu valente eu acho que ele é e que, não importa a situação, eu irei apoiá-lo“, disse a mãe.

Dê sua opinião: O que você achou da corajosa decisão dos pais de Jacob? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade
Publicidade