Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Na Plateia Tudo sobre teatro

Peça discute sistema jurídico após menino matar mulher acidentalmente

(In)justiça, da Companhia de Teatro Heliópolis, pode ser vista gratuitamente pelo YouTube

Por Maria Alice Prado Atualizado em 6 ago 2021, 00h44 - Publicado em 6 ago 2021, 06h00

O sistema jurídico brasileiro é tema de (In)justiça, da Companhia de Teatro Heliópolis, exibida virtualmente pelo Itaú Cultural. Na trama, Cerol, um empinador de pipas da periferia (que não aparece em cena), durante uma briga na vizinhança, atira e mata uma mulher acidentalmente. A prisão do jovem desencadeia reflexões sobre o que é fazer justiça, seja a da legislação, seja a praticada pela própria sociedade.

No elenco, Dalma Régia vive a promotora do caso, Walmir Bess é o juiz e Davi Guimarães interpreta o advogado do garoto. Um cenário por vezes sombrio e composições e poesias fartas de críticas à desigualdade social brasileira completam a narrativa. A peça, gravada na sede da companhia, estreou em 2019 e, neste ano, levou os prêmios Shell e aplauso Brasil (70min). 14 anos.

youtube.com/itaucultural. Grátis. Até 22 de agosto.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 11 de agosto de 2021, edição nº 2750

  • Continua após a publicidade
    Publicidade