Clique e assine por apenas 5,90/mês
Mariana Barros - Morar em SP Por Blog

Cozinha nos trinques

Manter a casa organizada é importante não só porque ela fica mais bonita e aconchegante (afinal, quem não gosta de viver num ambiente gostoso?) mas também porque ninguém aguenta procurar todos os dias onde está cada coisa. “Ter a vida organizada é economizar tempo”, diz a blogueira Thais Godinho, que desde 2006 mantém o Vida […]

Por admin - Atualizado em 27 fev 2017, 11h51 - Publicado em 15 nov 2012, 13h15

Cozinha arrumada só de mentirinha? Nada disso!

Manter a casa organizada é importante não só porque ela fica mais bonita e aconchegante (afinal, quem não gosta de viver num ambiente gostoso?) mas também porque ninguém aguenta procurar todos os dias onde está cada coisa. “Ter a vida organizada é economizar tempo”, diz a blogueira Thais Godinho, que desde 2006 mantém o Vida Organizada, em que ensina truques que vão desde separar o que é tralha do que deve ser guardado até como colocar as contas em dia e armazenar documentos importantes.

A pedido do Morar em SP, Thais elencou cinco dicas para deixar a cozinha nos trinques. Quem sabe assim você não se anima a receber os amigos em casa para um jantarzinho de final de ano? Sem filas, sem hora para acabar, sem ter de dividir conta no final…

Vamos lá:

1. Tenha áreas de trabalho: uma forma prática de organizar a cozinha é pelas áreas de trabalho. Você pode ter um local para cortar legumes e preparar a comida, por exemplo, e deixar tudo perto: facas, tábuas etc.  Também pode ter um local onde prepara o café todas as manhãs com a cafeteira, canecas, filtros e por aí vai. Dessa forma, você deixa por perto tudo o que precisa para cada atividade. Independente de qualquer atividade, eu recomendo ter a área de corte sempre livre para o preparo das refeições. Não existe nada pior que falta de espaço para cortar os alimentos!

2. Priorize os objetos de uso diário: tudo o que é usado diariamente deve ficar facilmente mais acessível. Isso inclui panelas, pratos, copos, talheres, facas de corte, panos de prato etc. Tenho certeza de que você deve guardar algumas dessas coisas em algum lugar que não é de fácil manuseio e fica se perguntando porque se irrita tanto quando está na cozinha.

 3. Utilize ganchos no alto: se possível, pendure utensílios e panelas no teto e nas paredes. Quanto menos espaço horizontal você conseguir utilizar, melhor, pois o deixará livre para o uso diário, e não para armazenamento.

 4. Explore prateleiras: não se prenda aos armários planejados convencionais – olhe para cada canto da sua cozinha e veja onde é possível instalar prateleiras. Quanto mais espaço para armazenamento (especialmente nessas cozinhas minúsculas de hoje em dia), melhor.

 5. Transparências: sempre que possível utilize recipientes transparentes para armazenar alimentos. Além de possibilitar a visualização imediata do conteúdo e da quantidade interna, é mais agradável visualmente.

Continua após a publicidade
Publicidade