Filme da Netflix “desnuda” Taylor Swift

Uma das maiores estrelas da música pop fala de sua intimidade no documentário Miss Americana

Assisti a Miss Americana sem saber direito a importância de Taylor Swift na música country/pop. Confesso que nunca foi uma cantora que me interessou. Sou de outra época (rs), que ainda tem Madonna como a maior popstar de todas. E também confesso que fiquei surpreso com o que vi no documentário produzido e disponível pela Netflix.

O que mais surpreende em Miss Americana nem é o talento de Taylor, que começou a carreira profissional aos 16 anos de idade como cantora country, mas, sim, o despojamento dela em abrir as portas de sua vida íntima.

O documentário repassa sua trajetória a limpo, incluindo a treta com Kanye West, que, em ato de deselegância ímpar, reclamou ao vivo de um prêmio que ela ganhou no MTV Video Music Awards, em 2009. Ela levou o troféu de melhor vídeo feminino e ainda estava agradecendo quando West tirou o microfone de suas mãos para dizer que “Beyoncé tinha um dos melhores vídeos de todos os tempos”. Taylor, num misto de constrangimento e frustração, tinha 19 anos. E ficou ainda mais abalada ao ouvir as vaias da plateia. Ela achava que o público estava apoiando West e demorou para superar o trauma, conforme relata no documentário.  

Ela também fala dos distúrbios provocados pela obsessão em ser magra e, melhor ainda, vai à luta para que seus fãs não elejam a senadora Marsha Blackburn, conservadora da extrema direita, no Estado de Tennessee. São esses momentos de intimidade que engrandecem a estrela. No palco e nos videoclipes, sabemos que Taylor arrasa. Mas poucos sabem que, por trás da mulher de 29 anos, está uma artista que quer ir além de cantar.

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s