Clique e assine por apenas 6,90/mês
Memória Por Blog Uma viagem no tempo às décadas passadas por meio de suas histórias, costumes e curiosidades.

Exposição retrata detalhes da industrialização paulistana

O raro acervo da mostra é da Fundação Energia e Saneamento

Por Mariana Rosario - Atualizado em 5 Oct 2018, 15h44 - Publicado em 5 Oct 2018, 06h00

Parte do valioso acervo de 260 000 itens da Fundação Energia e Saneamento está disponível atualmente para visita no Museu da Energia, na Alameda Nothmann, 184, nos Campos Elíseos. O material traz detalhes do processo de modernização e industrialização de São Paulo a partir do fim do século XIX. Por lá aparecem itens raros como croquis arquitetônicos do Solar da Marquesa, no centro, e imagens de um projeto de 1930 dedicado à energia eólica.

A mostra também apresenta informações sobre como funcionam os bastidores de um arquivo do tipo, suas curiosidades e especificidades, como os cuidados que são necessários para preservar um mapa ou documento histórico. Outra atração são as fichas dos funcionários que cumpriram expediente na extinta empresa canadense The São Paulo Tramway, Light e Power Co., Ltd., conhecida popularmente como Light e responsável por implantar o sistema de bondes elétricos na capital, em 1900.

O primeiro trecho, inaugurado em maio daquele ano, fazia uma rota entre a Barra Funda e a Santa Ifigênia. Esse meio de transporte funcionou na capital até 1968, quando a última linha, em Santo Amaro, operada pela prefeitura, foi desativada. A Light também se via envolvida no desenvolvimento elétrico de todo o estado, com a inauguração de usinas hidrelétricas e a implantação de pontos de iluminação pública.

O auge da companhia ocorreu na década de 20, quando estabeleceu sede própria no prédio em que hoje funciona o Shopping Light, no centro. Em 1979, a marca foi comprada pelo governo federal, por meio da Eletrobras. Dois anos depois, teve suas ações transferidas para o estado, que, por sua vez, fundou a Eletropaulo, em funcionamento até os dias de hoje. A exposição gratuita fica em cartaz até o dia 13.

Publicidade