A Estação da Luz como os pombos a veem

Em fevereiro de 2006, a artista Carmen Thiago trabalhava na restauração da Estação da Luz e na implantação do Museu da Língua Portuguesa. A convite dela, visitei a obra para fazer fotos de certos ângulos perigosos, aos quais normalmente ninguém tem acesso – particularmente o telhado da estação, com uma vista direta de cima das […]

DSC09923a

Em fevereiro de 2006, a artista Carmen Thiago trabalhava na restauração da Estação da Luz e na implantação do Museu da Língua Portuguesa.

DSC09822 a

A convite dela, visitei a obra para fazer fotos de certos ângulos perigosos, aos quais normalmente ninguém tem acesso – particularmente o telhado da estação, com uma vista direta de cima das plataformas.

DSC09928 a

O que vi foi nada menos que vertiginoso…

DSC09901 a

DSC09905 a

Na noite daquele dia, ao conferir as imagens na tela do computador, veio o desapontamento. Para começar, eu não tinha qualquer treino em fotografia de arquitetura. Tampouco possuía uma câmera talhada para a tarefa. Fui com uma Cyber-shot de bolso sem nitidez, com baixa sensibilidade e uma lente que apresentava forte distorção e não era suficientemente grande-angular. E a representação de cores estava toda errada. As fotos permaneceram inéditas.

Mais de uma década depois, ao rever as imagens, mudei de ideia. Os recursos tecnológicos desta década permitem remover ou compensar a maioria das falhas técnicas que incomodavam tanto. Graças a isso estão aqui as imagens, em primeira mão. Elas passaram de refugo a orgulho.

DSC09877 a

A maior surpresa ao recuperar as fotos foi ver o céu nublado, que simplesmente aparecia branco nas versões originais da câmera. O clima pesado complementa magnificamente a genuína atmosfera “britânica” do edifício.

DSC09867 a

Demorou mas valeu, Carmen!

DSC09883 a

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s