Clique e assine por apenas 6,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Como não fugir da dieta nas festas juninas?

Está aberta a temporada de gordices. Festa junina é isso: canjica, pamonha, quentão, pé de moleque, pinhão e por aí vai no embalo do arraiá – não tem jeito. Ou será que tem? Poxa vida, se você começou uma dieta e está empenhado na causa, vou tentar te ajudar. E olha que eu adoooooro uma […]

Por Carolina Giovanelli - Atualizado em 26 fev 2017, 11h38 - Publicado em 2 jun 2016, 20h30

festa junina

Está aberta a temporada de gordices. Festa junina é isso: canjica, pamonha, quentão, pé de moleque, pinhão e por aí vai no embalo do arraiá – não tem jeito. Ou será que tem? Poxa vida, se você começou uma dieta e está empenhado na causa, vou tentar te ajudar. E olha que eu adoooooro uma canjica.

Como fazer para não cair em tentação? Sim, é difícil. Só que com algumas dicas dá para comprometer menos a dieta. A pegada, claro, é fazer substituições espertas e, sorry, esquecer a pamonha que tem 400 calorias – quase o valor de uma refeição completa. #Socorro

+ Em um ano, mulher se livrou de 45 quilos e da depressão

Continua após a publicidade

Antes de sair de casa, já fique ligado. A nutricionista da Gabryella Batista, da Aliança Oncologia, alerta pra que você faça uma refeição e evite ir com fome para uma festa onde a principal atração é a comida típica. Isso pode ser uma roubada. Outra dica: coma em pratos menores, para dar aquela enganada na gula.

E saber fazer as escolhas é fundamental. Segundo ela, os alimentos menos calóricos são churrasquinho de frango, milho cozido e caldo verde. Os dois últimos trazem apenas 120 e 165 calorias, respectivamente. “A tapioca e o cuscuz também se apresentam como variedades mais saudáveis”, diz.

festa junina 2

Pamonha, um pecado que deve ser evitado – infelizmente

A médica nutróloga Ana Luisa Vilela diz que, sabendo apostar nos alimentos certos, os quitutes podem não apenas não engordar como ajudar a melhorar o funcionamento do organismo. Só que ela fala justamente aquilo que a gente não quer ouvir: “Salsicha, paçoca, arroz-doce e canjica, por exemplo, possuem quase 400 calorias em apenas 100 gramas”. #Choremos.

Continua após a publicidade

+ Cinco festas juninas da cidade que são imperdíveis

A ideia é acertar a mão nas trocas. Por exemplo, substituir embutidos por carnes frescas. Em vez do cachorro quente, coma um sanduíche de carne desfiada ou de carne moída. Milho e pinhão cozidos, se forem consumidos em pouca quantidade, são recomendados. Na hora de preparar o quentão, aposte em uma versão sem álcool e troque o açúcar branco pelo adoçante.

Se você curte comidas típicas, mas não irá a uma quermesse, pode pedir em casa. A Keep Light, empresa de comida light, tem algumas poções de doces gostosos e de baixa calorias, como a cocada cremosa de maracujá com 121 calorias (9,50 reais) e o bolo frio de tapioca e coco com 102 calorias (9,50 reais). Em ambos os casos, porções individuais.

Cocada de maracujá da Keep Light com 121 calorias

Cocada de maracujá da Keep Light com 121 calorias

Continua após a publicidade

E aí, dá pra encarar? No meu caso, sem canjica vai ficar difícil. O resto tiro de letra.

Em tempo: se você quiser me seguir nas redes sociais, clica lá, Instagram @canseidesergorda_ e no Snapchat chrismartinez4

Para me mandar um email: escreva para chrismartinez@butiquedeletras.com.br

Um beijo, até mais.

Publicidade