Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Alimentos que turbinam o bom humor

Ahhhh segunda-feira. Ou é peso na consciência. Ou ressaca. Ou a velha e boa promessa de começar uma dieta. Ou os três juntos. Sei bem como é. Mas, pra fazer o post de hoje, fui buscar algo diferente das três alternativas citadas no começo desse texto, porque, sabemos, dieta dá um mau humor dos infernos. […]

Por VEJA SÃO PAULO Atualizado em 26 fev 2017, 14h07 - Publicado em 23 nov 2015, 14h23

frutas

Ahhhh segunda-feira. Ou é peso na consciência. Ou ressaca. Ou a velha e boa promessa de começar uma dieta. Ou os três juntos. Sei bem como é. Mas, pra fazer o post de hoje, fui buscar algo diferente das três alternativas citadas no começo desse texto, porque, sabemos, dieta dá um mau humor dos infernos. Quem é que quer ser feliz comendo um pé de acelga? Ninguém, né? #ClaroQueVaiAparecerUmChatoDizendoQueAmaAcelga, #PuloEssaParte.

Psicóloga se inspira no filho e emagrece 30 kg

Então, conversei com a nutricionista Izabella Carvalho Crochemore, do Hospital Albert Einstein, e peguei dicas de alimentos que turbinam o humor. Pro bem, obviamente. Ela me contou que, sim, a química dos alimentos é capaz de alterar a produção de neurotransmissores, aquelas substâncias que transmitem impulsos nervosos no cérebro e são responsáveis pelas sensações. Inclusive do bom humor.

Na cesta básica da risada (tô exagerando, claro) há um punhado de alimentos que podem ajudar – e muito – a dar uma animada, porque carregam nutrientes capazes de estimular, naturalmente, a serotonina. O troço que dá prazer, melhora humor e afins. A produção da serotonina pode ser aumentada com a ingestão de alimentos ricos em triptofano (um aminoácido) e carboidratos. É justamente por isso que o chocolate ou um docinho segura a barra quando a coisa tá preta. Mas já disse que não vale. Quer ver?

comidahumor

Uma pesquisa com o divertido nome Food and Mood Project (Projeto Comida e Humor), feita na Inglaterra, comprovou, tim-tim por tim-tim, que uma boa parte das 200 pessoas que diminuíram significativamente o consumo de álcool, açúcar, cafeína e chocolate, substituindo por frutas, peixes e líquidos do bem (como sucos e água) melhorou o humor (#JamaisDêChocolateAoChefe). A experiência mostrou que, das pessoas que mudaram a alimentação, 26% tiveram uma melhora na instabilidade emocional, 24% na depressão e 26% em ataques de pânico e ansiedade. Vai dizer que ressaca não dá um bode no dia seguinte?

+  Uma gelatina para derreter a gordura da barriga

Outra coisa bacana identificada na pesquisa é que ficar muito tempo sem comer pode dar hipoglicemia (reduz os níveis de glicose no sangue) e isso pode ser um tiro no pé, afetando o humor. E, até mesmo, o rendimento, já que, grosso modo, o cérebro se alimenta de glicose bem dosada. Por isso, todo o nutricionista repete que o ideal é comer de três em três horas. Então, vamos lá, conheça alguns alimentos que melhoram o astral:

Chocolate amargo 70% cacau ou semi amargo: tem açúcar, mas sendo superior a 70%, rola. Contém tirosina – substância que estimula a produção de serotonina – e minerais importantes como cobre, manganês e magnésio (nutriente que fica em falta no período pré-menstrual). #OlhaATPMAí. Os mais recomendados são os com 70% de teor de cacau pelo alto poder antioxidante.

Aveia: é um cereal que contém altas doses de triptofano. Além do aminoácido que auxilia o organismo a liberar a serotonina, também tem bons níveis de selênio, que colabora para a produção de energia.

Banana madura: contém duas substâncias que auxiliam o humor: os carboidratos, que estimulam a produção de serotonina e a vitamina B6, que garante mais energia. É ótima como opção de lanche rápido. Ou antes do treino.

Continua após a publicidade

Brócolis: é rico em ácido fólico, que é importante para a liberação da serotonina. Garante o bom humor, renova as células e previne defeitos no sistema nervoso dos fetos. Em geral, médicos recomendam a ingestão desse alimento para as gravidinhas.

Espinafre e folhas verde-escuras: têm efeito antidepressivo por serem ricos em magnésio – que atua na produção de energia, potássio e vitaminas A, C e do complexo B, que ajuda a manter o sistema nervoso tranquilo. #OiSucoVerde

Frutas oleaginosas: são as nozes, castanhas, amêndoas e a mais poderosa de todas, a castanha-do-brasil. Auxiliam na diminuição do estresse por conterem um importante antioxidante, o selênio. Como são calóricas, é importante comer pequenas quantidades.

Laranja, maracujá e jabuticaba: tem grandes doses de vitamina C, previnem o cansaço e ajudam a combater o estresse. Também colaboraram com as defesas do organismo. A jabuticaba ainda tem a vantagem de conter vitaminas do complexo B.

Leite: produz um efeito relaxante em toda a musculatura graças ao triptofano, que é precursor da serotonina. Por isso que uma xícara de leite morno, adoçada com mel, ajudam a uma boa noite de sono.

Ovos: contêm substâncias que garantem o bom humor, como a tiamina e niacina (vitaminas do complexo B), além de fazerem bem para a memória.

Peixes e frutos do mar: são boas fontes de minerais importantes para a atividade cerebral, como o selênio. Também ajudam a combater o cansaço e a ansiedade. Os frutos do mar são ricos em zinco, mineral essencial para o bom humor.

Pimenta: a sensação de ardência é provocada pela capsaicina – substância presente na pimenta – e faz com que o cérebro produza mais endorfina, neurotransmissor responsável pela sensação de euforia. A pimenta-de-cheiro, a vermelha e a malagueta são as melhores para o humor.

Sementes de abóbora e girassol: ricas em triptofano, além auxiliarem na manutenção do bom humor, também ajudam a melhorar a qualidade do sono. Podem ser consumidas entre as refeições, como lanche.

Alface: tem efeito calmante em razão da lactucina, substância presente em maior quantidade nos talos e coração, que devem fazer parte das saladas, juntamente com as folhas.

Agora que você essa lista esperta, monte um cardápio e fique de bom astral sempre. Adoramos, Izabella.

Em tempo: pra me seguir no Instagram: @canseidesergorda_ e no FB: Cansei de Ser Gorda.
Pra me contar sua história ou mandar uma sugestão, escreva: chrismartinez@butiquedeletras.com.br

Um beijo, até mais #EComHumor

Continua após a publicidade

Publicidade