Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Últimas de São Paulo Por Blog Notícias quentes e bastidores da cidade

Vídeo mostra GCMs agredindo morador de rua no Jabaquara

Ao reclamar a retirada dos pertences por fiscais da Prefeitura, o homem foi empurrado duas vezes e levou uma rasteira; um dos guardas foi afastado

Por Redação VEJA São Paulo 3 Maio 2017, 21h29

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) afastou um agente flagrado agredindo um morador de rua na Avenida Engenheiro Antonio de Arruda Pereira, no Jabaquara, na manhã. Ele e outros dois oficiais acompanhavam um fiscal da Prefeitura que recolhia o carrinho de supermercado cheio de itens pessoais do homem, identificado como Samir Ali Ahmed Sati, 40 anos.

Ao protestar contra a retirada dos pertences, ele é empurrado e leva uma rasteira do guarda. Depois, já chorando e caído no chão, suplica para que os agentes não levem seus pertences. “Não leva meus bagulhos não, cara, eu não tenho nada”, diz. Sati teve uma fratura no punho e foi levado ao 35.ª Distrito Policial (Jabaquara).

O vídeo ganhou as redes sociais depois de ser compartilhado no Facebook pelo autor, um estudante que passava pelo local.

Em nota, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania diz que “a conduta dos guardas-civis metropolitanos envolvidos na abordagem do mencionado morados em situação de rua não condiz com a política e a orientação da Prefeitura de São Paulo, da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e a Secretaria Municipal de Segurança Urbana. A Secretaria de Direitos Humanos irá acompanhar todo o processo investigativo.”

Já a Corregedoria Geral da Guarda Civil Metropolitana comunicou o afastamento de um dos oficiais que aparece no vídeo e afirma que vai apurar a conduta dos agentes no procedimento.

(com informações de Estadão Conteúdo)

 

Continua após a publicidade

Publicidade