Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Bob Fonseca - Cerveja na Mesa Por Blog

Temporada de Saisons começa com novidades da Colorado e da Eisenbahn

Sempre que novas cervejas artesanais nacionais chegam ao mercado, uma das primeiras coisas em que penso é quantos outros representantes do estilo já existem nas prateleiras. A explicação é simples: quando esse total supera cinco – o ideal é chegar a dez -, tento organizar uma degustação às cegas em casa, para avaliar cada uma […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 20h11 - Publicado em 26 nov 2014, 15h21
bodebrownapricot

Rótulo da Bodebrown Apricot Tonight Saison, uma das versões do estilo produzidas no Brasil (Crédito: Reprodução)

Sempre que novas cervejas artesanais nacionais chegam ao mercado, uma das primeiras coisas em que penso é quantos outros representantes do estilo já existem nas prateleiras. A explicação é simples: quando esse total supera cinco – o ideal é chegar a dez -, tento organizar uma degustação às cegas em casa, para avaliar cada uma em comparação com a outra. É uma prática interessante, porque torna mais visíveis méritos e necessidades de ajustes de cada cerveja sem o “impacto” visual de saber qual rótulo está sendo consumido. No caso das Saisons, esse teste ficará mais amplo com lançamentos da Eisenbahn, de Blumenau (SC), e da Colorado, de Ribeirão Preto (SP) – esta última criada para o Bar Brejas, de Campinas.

Produzida com carambola e manjericão, a Carambreja foi criada pela Colorado e pelo Brejas para comemorar os cinco anos do bar. Ela deve ser vendida em chope apenas no estabelecimento de Campinas e no Cervejarium, de Ribeirão Preto. Mas a versão em garrafas deve ser comercializada em mais locais. Antes de ser definida, a receita foi testada mais de uma vez em panelas “caseiras” para chegar ao ajuste final.

Já a Eisenbahn pretende lançar nas próximas semanas sua Saison, que deve ter frutas vermelhas e pimenta rosa. Apesar do nome e da influência alemã, a cervejaria catarinense tem já seis exemplares de cervejas que seguem a escola belga.

O estilo Saison tem suas origens na Bélgica. Algumas de suas características esperadas são o aroma frutado e condimentado (com notas de cravo e pimenta preta, por exemplo), amargor bem presente, mas não exagerado, final seco e boa carbonatação. No mercado brasileiro, um dos representantes importados mais fieis ao estilo é a belga Saison Dupont. Confira abaixo outras Saisons que já foram produzidas no Brasil. Algumas delas não são mais encontradas nas gôndolas.

Colorado/Tupiniquim/Nøgne ø – Saison com uvaia produzida em parceria entre a Colorado, de Ribeirão Preto, a gaúcha Tupiniquim e a fábrica norueguesa.

Wäls Saison 42 – Produzida pela Wäls, de Belo Horizonte, tem o nome inspirado em uma das passagens do livro “O Guia do Mochileiro das Galáxias”. Foi relançada nas últimas semanas.

Wäls Saison de Caipira – Outra receita dos mineiros, feita em parceria com Garrett Oliver, cervejeiro da Brooklyn, dos EUA. Leva caldo de cana em sua composição.

Continua após a publicidade

Saison à Trois – Uma das primeiras nacionais a chegar ao mercado, foi produzida pelos cervejeiros cariocas da 2Cabeças.

Caramba! – Aproveitando a visita ao Brasil do cervejeiro Brian Strumke, da marca norte-americana Stillwater, a 2Cabeças criou esta colaborativa na cervejaria paulista Dortmund. A receita, que leva carambola, não está sendo produzida por ora, mas ainda é encontrada em alguns bares e lojas.

Tupiniquim Saison de Caju –  O cervejeiro da Stillwater também teve participação nesta receita da fábrica gaúcha, que leva, além da fruta que dá nome ao rótulo, manga.

Amburana Saison – Strumke ainda produziu uma terceira Saison em parceria com a paranaense Morada. Como sugere o nome, ela teve maturação em barris de amburana. Mas não foi lançada comercialmente. Quem sabe no futuro?

Euforia Saison – Criada pela cervejaria de Volta Redonda (RJ) em parceria com os cervejeiros caseiros Ricardo Rosa e Eduarda Dardeau.

Saison Apricot Tonight – A paranaense Bodebrown criou uma Saison com Damasco e tem mais duas no “forno”: Saison Like a Dupont e a Montfort Saison.

Eat Me Saison – Outra receita paranaense, que foi desenvolvida em parceria com a chef Manu Buffara, leva sementes de coentro e cascas de laranja.

Have a Nice Saison – Receita feita inicialmente em 2012 pela Mistura Clássica e 2Cabeças para o clube de assinaturas cervejeiro Have a Nice Beer. Em 2013 outra versão foi feita pela Wäls. Nenhuma das duas está mais à venda.

Continua após a publicidade
Publicidade