Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Carnaval SP Por Blog Blocos, desfiles e muito mais

Alceu Valença traz Carnaval pernambucano para São Paulo e pede paulistanos fantasiados nas ruas

“Anunciação”, do compositor e cantor pernambucano Alceu Valença, é uma das canções mais executadas pelos grandes blocos carnavalescos. Está no repertório de Bangalafumenga, Quizomba e Monobloco. Neste ano, no entanto, os paulistanos que tiverem energia para curtir o Carnaval até depois da Quarta-Feira de Cinzas terão a oportunidade de ver o próprio músico cantando o clássico no […]

Por Jussara Soares Atualizado em 26 fev 2017, 19h19 - Publicado em 16 jan 2015, 22h04
O pernambucano Alceu Valença traz o Bloco Bicho Maluco Beleza para encerrar o Carnaval de São Paulo (Foto: Reprodução)

O pernambucano Alceu Valença traz o bloco Bicho Maluco Beleza para encerrar o Carnaval de São Paulo (Foto: Reprodução)

“Anunciação”, do compositor e cantor pernambucano Alceu Valença, é uma das canções mais executadas pelos grandes blocos carnavalescos. Está no repertório de Bangalafumenga, Quizomba e Monobloco. Neste ano, no entanto, os paulistanos que tiverem energia para curtir o Carnaval até depois da Quarta-Feira de Cinzas terão a oportunidade de ver o próprio músico cantando o clássico no encerramento da folia.

Confira a lista completa dos blocos de rua de São Paulo

No sábado, 21 de fevereiro, Alceu Valença traz pela primeira vez à metrópole o bloco Bicho Maluco Beleza e os ritmos de Recife e Olinda. O desfile ocorrerá na Avenida Paulo VI, em Pinheiros, na Zona Oeste, e a concentração começa às 14h, na Praça Celso Delmonto. O cordão seguirá até o início da Avenida Sumaré, sob o viaduto da Avenida Doutor Arnaldo – na Estação Sumaré do Metrô -, ao som de frevo, maracatu e ciranda.

Para sua estreia na folia paulistana, Valença convoca as pessoas a irem fantasiadas, como ocorre em  sua terra natal. “Vamos fazer do Carnaval de São Paulo uma coisa lírica, de sonho”, diz o artista, que fundou o Bicho Maluco Beleza em 1992, em Olinda. Com o passar dos anos, o bloco ganhou vida própria e costuma sair na Quarta-Feiras de Cinzas mesmo sem a presença do cantor. “Não é sempre também que ele sai. Esse bloco é um mistério.”

A ideia de trazer o Bicho Maluco Beleza para São Paulo partiu do produtor cultural Rogério Oliveira. Ex-sócio do Oficina de Alegria, que em 2012 trouxe o Bangalafumenga para a capital, ele, que atualmente mora no Rio de Janeiro, recorreu a Alceu para continuar fazendo folia na cidade natal.

“Queria armar algo diferente e trazer um artista consagrado. Por isso surgiu a ideia de Alceu, que é uma referência para todos os blocos”, diz Oliveira. O músico pernambucano aceitou o convite e o desafio de tocar com trinta batuqueiros.

Continua após a publicidade

No ano do estreia todos os ritmistas serão “importados” do Rio de Janeiro, mas Oliveira promete criar um oficina de percussão a partir de maio para quem quiser integrar a bateria do bloco do Alceu. Os valores da mensalidade e o local ainda não estão definidos.

A coordenação artística do bloco é de Alceu Valença e de Rodrigo Maranhão, comandante do Bangalafumenga. No repertório, estão, entre outras,  “Bicho Maluco Beleza”, “Diabo Louro”, “Me Segura Senão eu Caio”, “Bom Demais”, “Tropicana”, “Ciranda de Lia”, “Girassol “, “Dois Animais”,  além , claro, de “Anunciação”.

A expectativa é que o Bicho Maluco Beleza reúna cerca de 50 000 pessoas. “Este é o bloco dos blocos. Queremos todos os blocos presentes para fazer um encerramento do Carnaval da cidade”, diz Oliveira.

 

Serviço

Bloco Bicho Maluco Beleza
Local: Avenida Paulo VI – saída da Praça Celso Delmonto, em Pinheiros
Data: 21 de fevereiro (sábado)
Horário: 14h

 

Continua após a publicidade

Publicidade