Clique e assine com até 89% de desconto
Bom Trabalho Por Blog Dicas de como resolver dilemas profissionais e acelerar sua carreira

O que a vitória de João Doria pode ensinar para sua carreira

A vitória do tucano João Doria no primeiro turno das eleições paulistanas é um feito histórico (nunca havia acontecido isso na cidade) e surpreendeu muita gente. No começo da campanha, a candidatura do tucano era alvo de piadas dos adversários e nem alguns dos maiores caciques do PSDB apoiavam a iniciativa. Contra todos os prognósticos, […]

Por sergioluz Atualizado em 25 fev 2017, 21h49 - Publicado em 3 out 2016, 14h13

joao-doria-021A vitória do tucano João Doria no primeiro turno das eleições paulistanas é um feito histórico (nunca havia acontecido isso na cidade) e surpreendeu muita gente. No começo da campanha, a candidatura do tucano era alvo de piadas dos adversários e nem alguns dos maiores caciques do PSDB apoiavam a iniciativa. Contra todos os prognósticos, o empresário venceu o pleito. Selecionei algumas das características e atitudes do vitorioso que podem ser úteis à sua carreira:

1. Não tentar representar um papel

Ao longo da campanha, Doria não fugiu do rótulo de “coxinha”. Pelo contrário, tratou do assunto com bom humor. Lidou tão naturalmente com a questão que ela deixou de ser o foco dos debates. No dia a dia de uma empresa é a mesma coisa: seja você mesmo, não tente passar uma imagem diferente do que você é. Ao se sentir à vontade, sem a necessidade de representar papéis, naturalmente o seu trabalho e a sua competência, que é o que importa, aparecerão.

2. Construir alianças

Doria começou sua jornada com um apoio de peso, o do governador Geraldo Alckmin. Mas a escolha do empresário para ser o cabeça de chapa do PSDB dividiu os tucanos. Alguns deles, como o ex-governador Alberto Goldman, fizeram críticas pesadas a essa escolha até as vésperas do pleito. Em vez de reagir, Doria continuou trabalhando em silêncio e tratou de conquistar quem lhe fazia oposição. Ao final, personalidades como Fernando Henrique Cardoso apareceram no horário eleitoral declarando apoio a Doria. No discurso da vitória, o novo prefeito fez acenos aos dissidentes, incluindo Goldman.

3. Trabalhar mais que a média

Executivos que já trabalharam com Doria dizem que ele normalmente é o primeiro a chegar no escritório, e um dos últimos a sair. Isso sem contar as mensagens enviadas nos finais de semana. No começo da campanha, o candidato seguiu à risca o conselho de Alckmin, visitando toda a periferia de São Paulo para se fazer conhecido. Como costuma dizer um guru de auto-ajuda, Roberto Shinyashiki, o sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem. Esse mesmo princípio deve ser aplicado ao seu trabalho na empresa. Você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.

Continua após a publicidade

4. Traçar um objetivo e segui-lo até o final

Doria nunca se intimidou com a forte oposição aos seus planos dentro do PSDB, tampouco com os prognósticos de que jamais convenceria o eleitorado mais pobre da cidade a votar no seu nome, considerando-se que é um empresário rico e bem-sucedido. Venceu pela determinação. Acreditou mais do que ninguém no potencial de sua candidatura e foi à luta, disputando votos nos rincões mais humildes de São Paulo com candidatos com um histórico de forte atuação nessas áreas, como a ex-prefeita Marta Suplicy.

5. Não ter medo de desafiar o senso comum

Enquanto a maioria dos políticos evita usar em público a palavra privatização, um dos pilares dos planos de Doria para a prefeitura é o de entregar a empresas a administração de bens públicos como o estádio do Pacaembu e o autódromo de Interlagos. Seus adversários tentaram explorar de forma demagógica essa questão, mas Doria nunca recuou da ideia. Nas empresas, um bom executivo precisa brigar por suas convicções e não recuar quando a maioria tenta colocar dificuldades aos seus projetos.

6. Falar de forma clara e objetiva

Doria teve bastante tempo de exposição na TV, é verdade, mas isso não seria útil à candidatura se não soubesse usar bem essa arma. No horário gratuito e nos debates, o tucano destacou-se por falar sempre de forma clara e objetiva. Na maior parte das vezes, foi direto ao ponto. Limites de velocidade nas marginas? Vou rever no primeiro dia, disse ele. Programa Braços Abertos na Cracolândia? Vou acabar logo que assumir a prefeitura, prometeu.

 

Continua após a publicidade
Publicidade