Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Bom Trabalho Por Blog Dicas de como resolver dilemas profissionais e acelerar sua carreira

Ela entregou currículo aos 101 anos e pode virar influenciadora digital

Dona Maria Cardoso disse que queria autonomia para comprar vinhos e carnes

Por Redação VEJA São Paulo 21 fev 2021, 17h31

Desde que viralizou, na última semana, a história de Dona Maria Cardoso, de 101 anos, gerou muitas polêmicas. A idosa posando com seu currículo em mãos, em busca de um emprego, gerou admiração em quem viu ali um exemplo de dinamismo – e gerou revolta em quem enxergou só a crueldade de alguém com idade tão avançada ainda precisar trabalhar para ajudar a família.

View this post on Instagram

A post shared by Maria Cardoso (@mariacardoso1919oficial)

Neste domingo (21), a história ganhou mais um capítulo. Dona Maria, que queria comprar vinhos sem depender da ajuda de outras pessoas, recebeu um convite para ser influencidadora digital de uma marca de vinhos.

View this post on Instagram

A post shared by Maria Cardoso (@mariacardoso1919oficial)

“Nós contamos toda a história e ele [criador da marca] fez uma ligação de vídeo, conversou bastante com a minha avó e ficou apaixonado por ela. Ele disse que queria dar um emprego para ela e perguntou se ela toparia ser degustadora de vinhos e garota propaganda”, contou Pâmela Cristina Matias Gomes, bisneta da idosa, para a reportagem do portal G1.

Continua após a publicidade
Publicidade