Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet

Playgrounds caninos: cachorródromos viram moda em condomínios

Além de investirem no combo parquinho e salão de jogos, os condomínios cada vez mais reservam lugar aos cachorródromos. “Assim, os donos que chegam à noite, por exemplo, podem passear com o pet em uma área segura”, diz o arquiteto e paisagista Benedito Abbud (foto), um dos campeões de playgrounds caninos. Nos últimos cinco anos, seu escritório criou cerca de 120 áreas do tipo, mais […]

Por Carolina Giovanelli Atualizado em 26 fev 2017, 22h22 - Publicado em 29 mar 2014, 01h03
(Foto: Lucas Lima)

O arquiteto paiagista Benedito Abbud, em um dos cachorródromos que planejou: brinquedos de agility (Foto: Lucas Lima)

Além de investirem no combo parquinho e salão de jogos, os condomínios cada vez mais reservam lugar aos cachorródromos. “Assim, os donos que chegam à noite, por exemplo, podem passear com o pet em uma área segura”, diz o arquiteto e paisagista Benedito Abbud (foto), um dos campeões de playgrounds caninos. Nos últimos cinco anos, seu escritório criou cerca de 120 áreas do tipo, mais isoladas da passagem de moradores para não incomodar os que não gostam de animais.

A maioria delas conta com árvores, gramado e brinquedos de agility, que incentivam o cão a subir, fazer curvas, entrar em tubos… Empreendimentos mais completos possuem ainda espaços cobertos com tanques para o banho e esteiras para exercício. Edifícios comerciais também investem em cachorródromos. Abbud planejou uma área na sede do Google, no Itaim Bibi, para que os animais dos funcionários, autorizados a frequentar o ambiente de trabalho, possam se divertir.

+ Proibição de pets em condomínios pode acabar na Justiça

Continua após a publicidade
Publicidade