Como lidar com cães que latem em excesso

O zootecnista Alexandre Rossi dá dicas sobre a questão

Esta é uma questão bastante relatada por tutores que precisam de auxílio com comportamentos indesejados de seus cães: os latidos em excesso. Trata-se de uma situação que pode gerar, além de stress para todos, problemas sérios com a vizinhança, inclusive o risco de pessoas mal-intencionadas tomarem atitudes que prejudiquem a integridade física do cão.

Comportamento natural como espécie

Antes de discorrer sobre as causas e como lidar com latidos em excesso, é importante sempre lembrar que vocalizar é um comportamento natural dos cachorros e faz parte de seu repertório de comunicação. Assim como o nosso falar, latir, para os cães, é uma forma de comunicar várias emoções e sentimentos.

Portanto, eles sempre vão latir em determinadas situações. O que aqui iremos discutir são as medidas a serem tomadas quando o comportamento extrapola o considerado natural e esperado.

Fatores predisponentes

Existem diversos fatores que podem predispor um cão a latir em excesso. Muitas vezes, só de pensar neles já é possível identificar que algumas mudanças na rotina poderiam ajudar (e muito!) na solução dessa questão.

Algumas raças tendem a vocalizar mais, como cães de guarda que sejam excelentes em alarmar os tutores. Nesses casos, como já existe uma predisposição genética, todo e qualquer barulhinho na vizinhança se torna um motivo para latir.

O nível de energia do cão é outro fator. O que quero dizer com isso? Cada um tem uma necessidade maior ou menor de atividades cotidianas para poder dar vazão ao seu nível de energia. Portanto, pets mais agitados e dispostos a diversos exercícios tendem a vocalizar mais em caso de falta do que fazer no dia a dia.

Outro fator importante a ser considerado é a ansiedade. Cães mais ansiosos podem latir mais em situações gatilho. É o caso daqueles que latem sem parar quando estão sozinhos em casa.

O que fazer

Uma providência importante, qualquer que seja o motivo que leve o cão a latir em excesso, é proporcionar a ele mais atividades em sua rotina. Isso inclui passeios, idas a parques, praças e locais de convivência com outros cachorros. Dentro de casa, também é possível tornar a vida mais ativa, com brincadeiras como jogar bolinha e ensinar os comandos “busca” e o “solta”.

Além disso, aposentar o pote de comida e só utilizar brinquedos que liberam alimento para as refeições do cão ajuda. Só essa medida já tornará aquele momento mais estimulante para vários sentidos importantes para os cachorros, como o olfato.

Garantir que o cão tenha acesso à convivência com a família é também uma providência importante. Já que são animais sociais e, quando inseridos em uma família humana, ficam muito mais tranquilos e relaxados.

Identificar o que motiva os cães a latir explica quais são os gatilhos que geram o comportamento, e treinar limite com o pet também ajuda bastante a diminuir o comportamento caso seja excessivo. Isso significa associar que latir nessas situações não gera boas consequências.

Por fim, recompensar (com algo que realmente motive o cão, como o petisco preferido dele) os comportamentos de tranquilidade e silêncio para estímulos que fazem o cachorro latir é a medida mais importante e eficaz do treinamento!

Por Alexandre Rossi, zootecnista, especialista em comportamento animal e sócio-fundador da Cão Cidadão.

Alexandre Rossi, zootecnista

Alexandre Rossi, zootecnista (Divulgação/Divulgação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s