Após barbárie, Carrefour cria ações e cartilha de práticas com animais

O supermercado firmou uma parceria com a instituição Ampara e incentivou feiras de doações e iniciativas de castração

Em dezembro, depois que um segurança matou um vira-lata que circulava por uma unidade do Carrefour em Osasco, a instituição de proteção animal Ampara foi procurada pela rede de supermercados. Em uma parceria para consultoria, a entidade realizou ações como feiras de adoção e mutirões de castração, que começaram em São Paulo e serão replicadas em catorze estados. Ocorrem ainda treinamentos de funcionários e foi criada uma cartilha de práticas para essas situações. “Um anjo foi sacrificado para que outros fossem salvos e as pessoas despertassem”, afirma a presidente da Ampara, Juliana Camargo.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 24 de abril de 2019, edição nº 2631.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s