Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Bichos Tudo sobre o mundo pet por Veja São Paulo. Quer sugerir uma pauta? Envie para alice.padilha@abril.com.br

Após descobrir doença da filha, administrador muda de vida e se dá bem com empresa de arranhadores para gatos

Em 2013, o administrador Daniel Rodrigues, de 38 anos, recebeu a notícia de que sua filha de 14 anos sofria com uma encefalite e poderia ficar de cama o resto da vida. Para cuidar da menina, resolveu largar o emprego. Como forma alternativa de ganhar dinheiro, lançou uma empresa de arranhadores para gatos. Aproveitou os contatos com donos de pet shop para se aventurar na área sobre a […]

Por Carolina Giovanelli Atualizado em 26 fev 2017, 15h01 - Publicado em 21 ago 2015, 23h05
(Foto: Fernando Moraes)

Rodrigues: virada de vida (Foto: Fernando Moraes)

Em 2013, o administrador Daniel Rodrigues, de 38 anos, recebeu a notícia de que sua filha de 14 anos sofria com uma encefalite e poderia ficar de cama o resto da vida. Para cuidar da menina, resolveu largar o emprego. Como forma alternativa de ganhar dinheiro, lançou uma empresa de arranhadores para gatos. Aproveitou os contatos com donos de pet shop para se aventurar na área sobre a qual nada entendia.

+ “Cat shop” vende apenas produtos para felinos e seus donos

Pesquisou e criou peças feitas de madeira, papelão, sisal e pelúcia. Ele mesmo fabrica tudo em sua casa, na Zona Norte. Algumas parecem torres, com mais de 2 metros de altura — a mais cara vale 530 reais. Estão à venda pelo site www.drarranhadores.com.br, em lojas especializadas e feiras. Hoje, o empresário comercializa cerca de 150 itens por mês e fatura cinco vezes mais do que no antigo trabalho. E o melhor: Fernanda, agora com 15 anos, recuperou-se quase completamente.

Continua após a publicidade
Publicidade