Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

SP-ARTE vai devolver valor integral investido pelas galerias

Edição de 2020, que ocorreria em abril, foi cancelada devido à pandemia de Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 13 Maio 2020, 06h47 - Publicado em 13 Maio 2020, 06h44

A SP-Arte enviou na noite de ontem (12) um comunicado aos galeristas que participariam da edição de 2020, em que informa que devolverá integralmente os valores pagos pelos expositores, incluso os estandes e serviços extras contratados.

A priori, a organização da feira, que foi cancelada devido à pandemia de Covid-19, propôs aos expositores reter um terço do que foi pago. Da soma restante, metade seria devolvida e a outra parte ficaria como crédito para a feira de 2021.

Nesse novo formato, com restituição integral, a devolução ocorrerá de acordo com o piso que os expositores ocupariam no evento. Para galerias dedicadas ao design, localizadas no terceiro pavimento, e galerias de arte, no andar térreo, a devolução deve ocorrer em seis parcelas mensais de igual valor, a começar no dia 30 de maio de 2020. As demais vão ocorrer no mesmo dia dos próximos meses.

O segundo grupo de expositores, que congrega as galerias do primeiro e segundo pavimentos, terão a restituição do investimento dividido em doze parcelas mensais de igual valor. O pagamento da primeira poderá ser feita até 30 de agosto.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade